Jundiaí mantém média de 60 casos de Aids

O ginecologista do Hospital Universitário (HU) e professor da Faculdade de Medicina de Jundiaí, Francisco Pedro Filho, reforça o pedido para a população usar preservativos. Essa é a época do ano em que mais se difundem quatro doenças: AIDS, HPV, Sífilis e Hepatite B.

No caso da Aids, Jundiaí vem mantendo uma média de 60 casos novos por ano. E entre 2010 a 2014 foram registradas 89 pessoas que morreram da doença no município.
Em 25 anos Jundiaí teve 2.285 pessoas contaminadas, sendo os homens a maioria.