Preso o assassino de secretária Rute

Os policiais civis de Jarinu prenderam nesta quinta-feira (23) um agente funerário de 25 anos, morador na cidade de Suzano. Ele é apontado como o autor do assassinato, de forma cruel, da secretária Rute Holovaty Lacheski, de 34 anos, no bairro Nova Trieste, em Jarinu.

Por determinação do delegado Osmany Pinheiro Machado Júnior, a equipe do investigador Luizão se dedicou todos os dias em busca de provas.

Na sexta-feira, dia 17, vizinhos sentiram cheiro ruim vindo da casa de Rute e avisaram o ex-marido, que foi até o local e depois acionou a Polícia. O corpo de Rute estava na cama, com uma coberta. Havia vários hematomas, que davam a entender que a vítima tinha sido agredida. Ela também tinha um cabo de energia do telefone celular amarrado no pescoço e um pano na boca, para não gritar. O assassinato foi qualificado, sem chances de reação da vítima.

Os investigadores de Jarinu suspeitavam do autor. A equipe do policial Luizão passou a colher depoimentos de vizinhos e foram atrás dele, que diante da pressão acabou confessando que a matou por ciúmes.

Gravações de conversas por whatsApp com uma amiga também serviram de prova diante da Justiça, para o pedido de prisão. Rute dizia que vinha sendo agredida pelo ex. Ela queria o fim do relacionamento.