Ofensas pela internet são crimes, diz delegado

O delegado da Polícia Civil de Cabreúva, Luciano Paiva, deu entrevista para o programa do prefeito Henrique Martin no SBT e explicou que as pessoas estão com falsa impressão de que podem falar tudo na Internet, principalmente nas redes sociais.

Segundo o delegado quem profere palavras contra outra pessoa pode responder processo por injúria e difamação.

Na delegacia são registrados vários casos em que os usuários da Internet cometem algum delito, seja pela difamação, ameaça, pedofilia e outros crimes.

O doutor Luciano Paiva alerta ainda os pais para evitarem de deixar o computador em quartos dos filhos. O ideal é o uso em um local onde a família pode acompanhar o que está se passando com os filhos ou filhas.

O delegado lembra que há muita gente maldosa usando a internet e lembra que a publicação ou compartilhamento de “fake news” também pode gerar processo por difamação.