Grupo de comerciantes é contra Carnaval no Centro

Um grupo de comerciantes do Centro vai pedir para a Prefeitura de Jundiaí que encontre um local alternativo para a realização dos bailes de carnaval dos blocos. Os comerciantes ficaram impressionados com a sujeira deixada por todos os cantos. Além disso os foliões acabaram com os jardins existentes na região da Praça da Matriz e muitos imóveis amanheceram pichados.

Os lojistas dizem que encontraram as portas de seus estabelecimentos danificadas, lojas com recuos estavam cheias de urina e fezes, além de preservativos usados abandonados por todos os cantos. Um dos comerciantes disse que foi “uma Sodoma e Gomorra”.

A secretaria de Cultura de Jundiaí vem buscando espaços alternativos para os foliões. O desfile das escolas de samba foi retirado da avenida Prefeito Luiz Latorre porque havia muitas residências e prédios próximos e, transferido para a avenida dos Ferroviários, atrás da Sifco, onde não há casas.

 

Comerciantes reclamam da falta de coleta de lixo também nesse período de Carnaval. Na avenida Jundiaí há quatro dias não passa o caminhão. No bairro do Almerinda Chaves leitor também se queixou da falta de coleta de lixo.