Jundiaí volta a ter corte de mato

Depois de quase seis meses sem corte de mato em Jundiaí, a Prefeitura voltou a fazer os serviços com nova empresa contratada, a FBF Engenharia.

A Unidade de Gestão de Administração e Gestão de Pessoas (UGAGP) conseguiu uma economia de R$ 24,5 milhões no novo contrato de limpeza, conservação e manutenção de áreas verdes e equipamentos públicos em Jundiaí.

O valor de referência para o contrato era de R$ 61,5 milhões, mas a Prefeitura vai pagar R$ 36,9 milhões durante os 36 meses de vigência do contrato.

A gestora da UGAGP, Simone Zanotello, destaca que a economia foi obtida graças à grande procura por parte de interessados.

O pregão contou com a participação de 32 empresas. “Apesar do preço menor, foi mantido o cuidado em adjudicar uma empresa que fosse capaz de executar os serviços previstos com qualidade”, garante.

De acordo com Simone, o contrato prevê também a manutenção das áreas verdes nos equipamentos de Saúde e Educação, como Emebs.