O Rio de Janeiro continua lindo!

Minha dica desta semana é um roteiro que está pertinho de Jundiaí: o Rio de Janeiro. São aproximadamente 5 horas de carro ou 40 minutos de avião, e se tiver sorte poderá encontrar passagens de até R$270. Apesar da onda de violência que acompanhamos todos os dias nos telejornais, não deixe de aproveitar pelo menos um final de semana, e conhecer lugares como o Cristo Redentor, considerado uma das sete maravilhas do mundo.

Para quem vai de avião, o desembarque no Aeroporto Santos Dumont garante uma vista 360 graus dos principais pontos turísticos do Rio. A sensação é de fazer parte de um cartão postal. A cidade também inspirou grandes nomes da música, como Gilberto Gil, que eternizou na canção “Aquele Abraço” os atrativos da ‘cidade maravilhosa’. Chico Buarque, Tom Jobim e Cazuza também encontraram no Rio de Janeiro inspiração para suas obras. Agora vamos aos pontos turísticos e uma média de preços para você calcular o quanto deverá reservar para esta viagem.

Cristo Redentor – O tour pode começar pelo maior símbolo do Brasil no exterior, a estátua de Cristo Redentor, com 30 metros de altura e 8 metros de pedestal. Além disso, fica no alto do Morro do Corcovado, com 710 metros em relação ao nível do mar, e em meio à maior floresta urbana do mundo, a Floresta da Tijuca. Apreciado não apenas por religiosos, o monumento é uma das sete maravilhas do mundo. Possui escadas rolantes que permitem o acesso mais fácil daqueles que têm locomoção restrita. Escolha um dia de céu aberto para apreciar a vista panorâmica inigualável que tem o Cristo e tirar muitas fotos daquele que abençoa a cidade. Uma das opções para subir ao morro é pelo Trem do Corcovado. O percurso dura cerca de 20 minutos e custa cerca de R$ 50 para adultos e R$ 25 para crianças. Outra opção é usar as vans credenciadas que partem de três pontos distintos da cidade, Copacabana e Largo do Machado (ambas custam R$ 51) e Paineiras (R$ 32).

Pão de Açúcar – Outra atração igualmente importante é o Pão de Açúcar. Subir o morro pelo bondinho não é barato, mas, assim como no Cristo, a visão 360 graus da cidade é deslumbrante. Entrando no Bondinho que sai da Praia Vermelha, as opções são duas: primeiro parar no Morro da Urca e depois, no Pão de Açúcar. Lá de cima se enxerga desde Copacabana e Ipanema até Cristo Redentor, Ponte Rio-Niterói e Pedra da Gávea. As viagens ocorrem a cada 20 minutos. Os ingressos custam em torno de R$ 70 e podem ser pagos com cartão de crédito.

Vista Chinesa – É um mirante bem no meio do Parque Nacional da Tijuca, onde é possível ter uma bela vista da cidade e observar outras atrações como a Lagoa Rodrigo de Freitas, o Cristo Redentor, o Pão de Açúcar e algumas praias, longe da poluição. A Vista Chinesa é uma boa opção para quem está com a grana curta, já que o acesso é gratuito, e pode ser feito de carro ou em uma caminhada de aproximadamente uma hora e meia, através da pista compartilhada com veículos, ciclistas e animais silvestres.

Jardim Botânico – Quando quiser fugir um pouco do barulho e da confusão da cidade, visite o Jardim Botânico. Sempre presente nas novelas, o parque tem inúmeras espécies de plantas e num dia quente é refrescante passear entre as árvores e sentir um ar mais puro e fresco. Não deixe de visitar o orquidário com sua encantadora arquitetura. A entrada custa R$ 6.

Lagoa Rodrigo de Freitas – A Lagoa é um dos lugares preferidos de quem vive no Rio para correr, caminhar, andar de bicicleta ou simplesmente descansar. A área é boa não só para exercícios como para jantar também e, mais uma vez, apreciar o visual singular da cidade. Com cerca de 7 km no total, é uma região agradável para alugar bicicletas (R$ 10 a hora), ou quadriciclos (R$ 15 por 30 minutos) para percorrer sua margem. Todos os anos a Lagoa ganha uma árvore de Natal iluminada, que já se tornou tradição na cidade. A árvore possui milhares de lâmpadas em sua estrutura, e ao ficar acesa durante a noite, chama a atenção de quem passa pela região.

Praias – Copacabana tem um dos calçadões mais charmosos do País e grande diversidade de quiosques, opção para quem gosta de tomar cerveja e petiscar porções de frutos do mar. Na orla, um pouco de história, com a estátua do poeta Carlos Drummond de Andrade. Após 15 minutos de caminhada, está a suntuosa construção do Copacabana Palace e a estátua do jornalista Ibrahim Sued. Em Ipanema, o pôr do Sol é um espetáculo que reúne espectadores desde a pedra do Arpoador até o Leblon, com direito a aplausos quando o sol mergulha no oceano Atlântico. Já as praias do Leblon e da Barra da Tijuca são propícias para quem quer encontrar gente famosa caminhando ou curtindo um passeio de bicicleta pela ciclovia.

Maracanã – Para os amantes do futebol, visitar o Estádio Jornalista Mário Filho (Maracanã) é uma obrigação. Além do prazer de assistir a um dos jogos ao vivo, os visitantes podem conhecer o lugar fazendo uma visita guiada por suas dependências ou visitar o Museu do Futebol, que guarda objetos, painéis e fotos relacionadas à história do estádio, inaugurado em 1950.

Theatro Municipal – O imponente teatro da cidade do Rio de Janeiro impressiona pela arquitetura e oferece visitas guiadas para turistas (R$ 10). É uma das casas de espetáculos mais tradicionais do Brasil, onde ocorrem shows de renomados artistas. O teatro tem sua própria companhia de balé, coro e orquestra sinfônica.

Aproveite a noite carioca – E para quem gosta de curtir a noite, a Lapa é o bairro boêmio da capital carioca. Sexta-feira e sábado são dias que o bairro fica cheio de jovens nos bares e nas ruas. Tem espetáculos como o Circo Voador, que apresenta inclusive artistas internacionais. Para ouvir um samba de gafieira, uma boa opção é o Lapa 40 graus. Outro local agradável é o Bar da Boa. Mas se você quer dançar, pode encontrar opções bacanas também na Barra da Tijuca. Por lá eu conheci o All In, um bar com decoração muito elegante e samba de primeira qualidade.

Conceição Pacheco é jornalista, estudante da Unicamp, e uma mulher apaixonada por viagens! Ela assina a coluna Dicas de Viagem, onde compartilhará suas experiências nos mochilões pelo Brasil e Europa.