Comerciária pede aos clientes mais respeito

Chega final de ano e as lojas erstão cheias. Consumidores pesquisam os melhores presentes. Alguns ficam irritados com atendimento. Mas os próprios comerciários fazem um apelo para a população, para ter mais paciência e respeito. Uma das vendedoras comentou que se sentiu feita de boba, buscando itens que o cliente não levou. Veja o desabafo:

“Gostaria de fazer um apelo em nome de todos os vendedores.
Não é possível que em 2017 entrando 2018 as pessoas não sabem que nós vendedores somos comissionados.
Quer entrar na loja dar uma olhadinha, Estamos ali para atender com todo amor, compreensão e paciência.
Mesmo que a pessoa não leve nada e esteja pesquisando, estamos ali de prontidão para esclarecer qualquer dúvida.

Agora se não tem intenção de comprar, não peça ao vendedor que vá buscar no estoque. Agora em dezembro trabalhamos 12, e até 15 horas intensas. Subindo e descendo escadas.
É muito frustrante para um vendedor ficar horas com um cliente provando produtos, que não tem a intenção de compra. Ou pior, separa um monte de mercadorias e pede para o vendedor ir mais uma vez das milhares de vezes no estoque.

E simplesmente vai embora sem ao menos agradecer a atenção que foi dada.

Ninguém é obrigado a comprar. Mas poxa, vamos ter empatia, pois o tempo desperdiçado com uma pessoa que só quer “brincar de fazer compras”, é duro, para nós vendedores. É nosso salário no fim do mês. Eu amo o que faço. Amo minha profissão.

Meu maior prazer é ver um cliente satisfeito pelo item adquirido.
Com o mesmo amor que nós vendedores atendemos, queremos ser tratado”.