Boleto vencido abaixo de R$ 2 mil pode ser pago em qualquer banco só em 2018

A Federação Brasileira de Bancos (Febraran) vai liberar os pagamentos de boletos vencidos abaixo de R$ 2 mil em qualquer banco apenas em 2018. A mudança estava prevista para entrar em vigor nesta segunda-feira (09).

A nova plataforma tem sido implantada de forma gradual, conforme o valor do boleto. O sistema anterior só permite fazer o pagamento em atraso no banco que emitiu a cobrança.

Desde setembro, foi liberado o pagamento das contas atrasadas iguais ou acima de R$ 2 mil. Segundo a Febraban, estes valores alcançam 3,7% dos boletos emitidos no país. Em julho, só podiam ser pagos boletos acima de R$ 50 mil. Ainda de acordo com a Federação, o volume elevado de documentos no novo sistema, estimado em 4 bilhões de boletos por ano, fez com que o setor bancário decidisse rever o cronograma original, que previa a inclusão de todos os boletos até o fim do ano.

O montante é comparável à capacidade das grandes processadoras de cartões de crédito do mundo, segundo a entidade.

 

CPF

Além do pagamento do boleto, será possível também a identificação do CPF do pagador, facilitando o rastreamento das cobranças. Quando o consumidor fizer o pagamento, será feita uma consulta à nova plataforma para checar as informações. Se os dados do boleto coincidirem com os que estão no sistema a ser implantado, a operação é validada.

Se houver divergência, o pagamento do boleto não será autorizado e o consumidor poderá realizar o pagamento exclusivamente no banco que emitiu a cobrança, que tem condições de fazer as checagens necessárias, diz a entidade.