Maurício de Souza apresenta a Turma da Mônica em ‘carne e osso’

Laços, o primeiro filme live-action (com personagens em carne e osso) da Turma da Mônica, chegará aos cinemas em 2018. Baseado na graphic novel homônima mais vendida no mercado brasileiro, o longa é parte de uma trilogia repleta de aventuras e amizade. Nessa sexta-feira, 29, as produtoras Quintal Digital e Latina Estúdio, juntamente com a Mauricio de Sousa Produções apresentaram as crianças escolhidas para viver a turminha mais amada do Brasil: Giulia Benite (9 anos/São Paulo), Laura Rauseo (9 anos/Bragança Paulista), Kevin Vechiatto (11 anos/Guarulhos) e Gabriel Moreira (9 anos/Rio de Janeiro), serão respectivamente Mônica, Magali, Cebolinha e Cascão.

As crianças foram escolhidas após um trabalho de seis meses de pesquisa e avaliação, envolvendo uma equipe de cerca de 20 pessoas das produtoras. A seleção começou com o cadastro de crianças entre 8 e 12 anos na plataforma oficial do filmewww.turmadamonicaofilme.com.br, que recebeu mais de 7,5 mil inscrições em apenas 15 dias. Foram feitos quase dois mil testes presencias em dez cidades brasileiras de quatro estados, que resultaram em 87 nomes para seleção do diretor.

“Reduzimos a peneira para 15 nomes e realizamos um workshop com preparador de elenco infantil e com Daniel Rezende. Depois do workshop, ficaram selecionadas 11 crianças, chamadas para mais testes presenciais com diretor. Finalmente, separamos oito finalistas, duas para cada personagem, que foram apresentadas para avaliação final, com a equipe criativa das produtoras e com a presença da equipe da Maurício de Sousa Produções”, explica Cao Quintas, sócio da Latina Estudio e um dos produtores do filme.

O principal critério para a seleção levou em conta a similaridade entre as personalidades dos personagens nos quadrinhos com as características dos candidatos. “Nós não queremos, e nem conseguiríamos, moldar a espontaneidade dessas crianças àquilo que já existe na ficção. Por isso buscamos o que há de mais próximo entre o mundo real e a criação do Mauricio e estamos muito empolgados com os escolhidos”, explica Daniel Rezende, diretor do longametragem Laços.

O criador da Turma da Mônica, Mauricio de Sousa, conheceu as crianças nessa semana e comenta como foi o primeiro contato com os pequenos que darão vida a seus personagens, criados há mais de 50 anos. “Adorei a nossa escolha dos atores mirins que darão vida à Turma da Mônica no filme Laços. Logo de cara eles já estão entrosados como uma verdadeira turminha e me emocionei quando os conheci. Eles chegaram prontos para a ação”, comenta Mauricio. “Esse é um sonho sendo realizado com muito amor e carinho”, completa o artista e empresário.

Mônica Sousa, filha de Mauricio que inspirou a menina mais empoderada dos quadrinhos, comenta sobre a empolgação de conhecer as crianças que viverão a personagem e seus amigos. “Mais do que a emoção de ver a obra do meu pai ser personificada e levada ao cinema, é a alegria de conhecer a menina que viverá a Mônica. Também fico muito feliz por poder proporcionar essa novidade para os nossos leitores e fãs, tanto para os pequenos, quanto aos grandinhos que tem uma relação afetiva desde a infância com a turminha”, completa.

Assista a este momento: https://youtu.be/CuWy0n2wJg8

No longa-metragem Laços, as aventuras da Turma da Mônica e os laços de amizade começam a partir do desaparecimento do Floquinho, cachorro do Cebolinha. O cão foi o primeiro ator selecionado para o elenco e apresentado aos fãs na edição de 2016 da Comic Con. Da raça Lhasa Apso, o intérprete de Floquinho vivencia uma rotina diária de treinamentos em São Paulo para estrear na telona. Os fãs podem interagir e acompanhar a rotina do Floquinho por meio do perfil oficial @SigaOFloquinho no Facebook e no Instagram.

O filme Turma da Mônica – Laços tem patrocínio das marcas Ri Happy, Petz e Livraria Cultura. O projeto é uma coprodução da Quintal Digital e Latina Estúdio com a Mauricio de Sousa Produções e a Paramount Pictures. A distribuição é da Paris Filmes.

FOTOS
https://goo.gl/KojgLJ
Crédito: David Rossetto / Quintal Digital / Latina Estudio

SOBRE O FILME TURMA DA MÔNICA – LAÇOS

Baseado na graphic novel homônima mais vendida no mercado brasileiro, o longa ‘Laços’ narra a história de amor incondicional de uma criança pelo seu cãozinho e a importância da amizade. No roteiro, Floquinho desaparece, e o seu dono, Cebolinha, conta com a ajuda dos amigos Mônica, Magali e Cascão em um plano infalível para encontrá-lo. A história une o clássico dos personagens do Mauricio de Sousa a uma narrativa repleta de emoções e perigos, roteirizada e desenhada por Lu e Vitor Caffagi. O projeto é uma coprodução da Quintal Digital e Latina Estúdio com a Mauricio de Sousa Produções e a Paramount Pictures. A distribuição é da Paris Filmes.

SOBRE O DIRETOR DANIEL REZENDE

O diretor Daniel Rezende é um dos nomes mais promissores da nova geração do cinema brasileiro. “Laços” será o segundo longa-metragem dirigido por ele, que acaba de ser préselecionado ao Oscar 2018 pela direção de “Bingo – O Rei das Manhãs”, cinebiografia de Arlindo Barreto, que interpretou o palhaço Bozo em programa de TV na década de 1980.

Também dirigiu o curta-metragem “Blackout”, estrelado pelo ator Wagner Moura Codirigiu, junto com Allexia Galvão, o videoclipe “Your Armies”, de Barbara Ohana, que tem o ator Cauã Raymond interpretando uma transexual. Também foi codiretor, juntamente com Pedro Amorim e Fernando Coimbra, da minissérie O Homem da Sua Vida, para o canal de TV por assinatura HBO. Com Johnny Araújo, codirigiu a série Fora de Controle, da Rede Record de Televisão.

Rezende já é bastante conhecido pelo trabalho de editor em filmes de grande sucesso como Cidade de Deus – com o qual foi indicado ao Oscar na categoria Editor, em 2003, mesmo ano em que ganhou o prêmio BAFTA, da Britsh Academy of Film and Television Arts, também como editor. Atuou ainda em Tropa de Elite 1 e 2, Diários de Motocicleta, O Ano em Que Meus Pais Saíram de Férias, Blindness, Robocop, do cineasta José Padilha, entre outros, além da minissérie para televisão Filhos do Carnaval.

SOBRE QUINTAL DIGITAL E LATINA ESTUDIO

A Quintal Digital desenvolve trabalhos destinados ao entretenimento em família, como as séries de animação Alladin e Turma do Pateta, para a Disney, e o longa-metragem Anastacia, da Fox Estudios. Já a produtora Latina Estudio atua com coproduções internacionais, por meio de filmes reconhecidos nos principais festivais audiovisuais do mundo, como Cannes, Veneza, Havana e Gramado. Os premiados Tony Manero e Post Mortem, do diretor chileno Pablo Larraín, fazem parte do line up da produtora.

SOBRE A MAURICIO DE SOUSA PRODUÇÕES

A Mauricio de Sousa Produções (MSP) é a maior empresa de produção de histórias em quadrinhos do Brasil, com mais de 50 anos de história e responsável por uma das marcas mais admiradas do país, a Turma da Mônica. Na área editorial, a empresa possui um dos maiores estúdios do setor no mundo e alcançou o número de 300 títulos até hoje, com mais de 80% do mercado de histórias em quadrinhos. A companhia é responsável pela criação de 400 personagens, que já venderam mais 1 bilhão de revistas, responsáveis pela alfabetização informal de milhões de brasileiros. A MSP investe em tradição com inovação e produz hoje conteúdos em todas as plataformas com a mais alta tecnologia, alinhando educação, cultura e entretenimento. No licenciamento, a MSP trabalha com uma média de 150 empresas que utilizam seus personagens em mais de 3 mil itens.

SOBRE A PARAMOUNT PICTURES

Paramount Pictures Corporation (PPC), uma produtora e distribuidora global de entretenimento audiovisual, é uma unidade da Viacom (Nasdaq, VIA, VIAB), uma das companhia líderes em conteúdo, com marcas reconhecidas e respeitadas no cinema, televisão e entretenimento digital, incluindo a Paramount Pictures, Paramount Animation, Paramount Vantage, Paramount Classics, Paramount Home Media Distribution, Paramount Pictures International, Paramount Licesing Inc e Paramount Studio Group.

SOBRE A PARIS FILMES

A Paris Filmes é uma empresa brasileira que atua no mercado de distribuição e produção de filmes, primando pela alta qualidade cinematográfica. Além de ter distribuído grandes sucessos mundiais, como o premiado “O Lado Bom da Vida”, que rendeu o Globo de Ouro® e o Oscar® de Melhor Atriz a Jennifer Lawrence em 2013 e “Meia-Noite em Paris”, que fez no Brasil a maior bilheteria de um filme de Woody Allen, a distribuidora tem também em sua carteira os maiores sucessos do cinema nacional, como as franquias “De Pernas Pro Ar” e “Até Que a Sorte nos Separe”. Nos últimos anos, a Paris lançou o vencedor do Grande Prêmio do Júri em Cannes 2013, “Inside Llewyn Davis – Balada de um Homem Comum”, dos irmãos Coen; o aclamado “O Lobo de Wall Street”, de Martin Scorsese, “Mapas Para as Estrelas”, de David Cronenberg (Melhor Atriz no Festival de Cannes – Julianne Moore); a primeira adaptação animada da obra-prima de Antoine de Saint-Exupéry, “O Pequeno Príncipe”; e as continuações A Série Divergente: “Insurgente” e o esperado final de Jogos Vorazes em “A Esperança – O Final”. Em 2016, os indicados ao Oscar® “Brooklin” e “O Lobo do Deserto”; o terceiro capítulo da série Divergente, “Convergente”, “Truque de Mestre – O 2º Ato” e sucessos do cinema argentino como “Kóblic”, com Ricardo Darín, foram os grandes destaques; assim como a biografia do lutador José Aldo em “Mais Forte Que o Mundo”. Produzidos pela Paris Entretenimento, há ainda “Um Namorado Para Minha Mulher” e “Carrossel 2 – O Sumiço de Maria Joaquina”. Em 2017, a empresa está à frente de lançamentos como “La La Land – Cantando Estações”, grande vencedor da 74ª edição do Globo de Ouro, com 7 estatuetas incluindo Melhor Filme de Comédia ou Musical, “Power Rangers”, “Internet – O Filme”, “A Cabana”, “Meus 15 Anos”, “D.P.A: Detetives do Prédio Azul – O Filme”, entre outros.