Lula esteve em Jundiaí e avisa: “vão ter que me aguentar”

O ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) esteve na Associação dos Aposentados, no Centro de Jundiaí, nesta terça-feira (08) e disse que todos vão ter que aguentá-lo. Lula disse que podem tirá-lo da corrida presidencial em 2018, mas ele sai nem que seja de cabo eleitoral.

Lula reuniu discretamente os militantes do partido na cidade na Associação e defendeu a união contra todos que querem derrubar o Partido dos Trabalhadores.

Em entrevista para Admilson Oliveira, na Rádio Cidade AM, o ex-presidente criticou a atual gestão de Michel Temer, que está tirando conquistas dos trabalhadores, mexendo na CLT e na Previdência.

Criticou o Governo Federal que não tem capacidade de investimento e faz cortes de verbas em programas sociais.

No final elogiou o radialista Admilson por manter um programa – aos domingos pela manhã – voltado ao sindicalismo, defendendo os trabalhadores.

Depois de Jundiaí ele foi para Franco da Rocha, onde foi recebido também por militantes do partido.

Lula está iniciando visitas ao Nordeste do País, onde a base do PT é forte, visando as eleições presidenciais de 2018.