Jovem causa a morte da mãe na Via Anhanguera

O delegado da Polícia Civil de Jundiaí, Ari Carlos de Barros Júnior, determinou a prisão em flagrante, na manhã deste sábado (05), de Ronaílson Cavalcante Ferreira dos Santos, de 22 anos, por dirigir embriagado e causar a morte da mãe, Maria do Rosário de Souza Santos, de 42 anos, no Km 52 da Via Anhanguera, na região da Vila Rami, em Jundiaí.

De acordo com o que foi apurado pela Polícia Rodoviária, Ronaílson parou na faixa 2 de rolamento da rodovia no sentido de Jundiaí, por motivos ignorados. Um ônibus da empresa Piccolotur, que vinha atrás não teve tempo de parar e bateu na traseira. Maria ficou prensada nas ferragens e morreu em seguida. Outra passageira, Jennyfer Alves Tamioka, de 20 anos, foi socorrida por equipes da concessionária AutoBAn ao Pronto Socorro do Hospital São Vicente de Paulo.

Ronaílson disse que não se lembra do que ocorreu. Os policiais rodoviários colheram teste do bafômetro, que acusou 0,87 miligrama de álcool por litro de ar expelido dos pulmões.

Diante do quadro de embriaguez e a morte da mãe adotiva, Ronaílson foi mandado para a Cadeia de Campo Limpo Paulista, onde vai aguardar decisão da Justiça.

Maria foi visitar o filho em Santana do Parnaíba e estava a caminho da Rodoviária de Jundiaí para voltar para casa, na Bahia, na cidade de Remanso.

 

 

Ainda neste sábado outro acidente grave ocorreu na Rodovia Tancredo Neves, região do Jardim Santa Gertrudes. Um carro bateu na traseira de um caminhão e pegou fogo. A vítima foi socorrida por equipes do Corpo de Bombeiros ao Pronto Socorro da Unimed.

Na avenida Antônio Pincinato, no Eloy Chaves, por causa de óleo diesel derrubado por um caminhão, carro derrubou poste e só no início da tarde da CPFL conseguiu terminar os serviços de troca do poste.

 

%d blogueiros gostam disto: