Família de adolescente terá de pagar prejuízos em ônibus

A Viação Leme, que faz várias linhas urbanas de Jundiaí prestou queixa na Polícia Civil e iniciou processo na Justiça contra a família de um adolescente de 16 anos, que danificou um ônibus articulado da linha do Ivoturucaia.

O menor invadiu o ônibus do Terminal Colônia pela porta traseira e o motorista exigiu que passasse o cartão de estudante na catraca.
Revoltado, o menor chutou a porta do ônibus, até que o motorista resolveu abrí-la, para evitar problemas. Porém, o jovem desceu do coletivo e pegou um pedaço de caibro, quebrando o vidro de uma das janelas.

Como o vidro é feito sob medida na fábrica, levou duas semanas para o carro voltar a circular. Os pais do menor terão de arcar com as despesas de manutenção e os prejuízos da empresa nos 15 dias em que o veículo ficou fora de circulação.

Todos os ônibus de Jundiaí contam agora com câmeras de monitoramento internas e externas, além de GPS, que servirá em breve para informar os passageiros onde está cada carro nas linhas e quanto tempo vai levar para chegar até o ponto. O serviço estará no aplicativo da “Prefeitura de Jundiaí” na loja do Google e da Apple, para smartphones.