Cultura abre inscrições para projetos | JORNAL DA REGIÃO

Cultura abre inscrições para projetos

As inscrições gratuitas para a seleção de projetos de oficinas culturais e contratação de profissionais para o cargo de oficineiros da Unidade de Gestão de Cultura (UGC) estão abertas. Podem se candidatar pessoas físicas e jurídicas, com formação artística, e, durante o contrato prorrogável de seis meses, deverão desenvolver um encontro semanal com duração de duas horas/aula ou dois encontros com uma hora/aula, em datas e horários definidos conjuntamente com a Cultura, bem como os locais, entendidos também de modo descentralizado pela cidade.

Os interessados devem entregar de 27 de julho a 11 de setembro, de segunda a sexta-feira, excluindo feriados e pontos facultativos, das 9h às 11h e das 14h às 16h30, a ficha de inscrição completa, com dois envelopes lacrados e anexos contendo Documentos de Habilitação e Projeto Artístico, no expediente do Departamento de Compras Governamentais da Unidade de Gestão de Administração e Gestão de Pessoas (4º andar -Paço Municipal).

Cada proponente pode se inscrever com até dois projetos por segmento. Os documentos de habilitação, tanto para pessoas físicas, quanto para pessoas jurídicas, bem como as descrições exigidas para o projeto artísticos devem ser consultados no edital de concurso nº 002/2017, de 25 de julho de 2017, publicado na página 4 da Imprensa Oficial dessa quarta-feira (26).

edital com os anexos (Declaração de Representação e Anexo de Critério de Avaliação) e a ficha de inscrição que devem ser entregues podem ser obtidos gratuitamente pela internet.

Não podem se inscrever servidores públicos, inclusive das autarquias, terceirizados ou profissionais com vínculos com a Prefeitura, UGC e Fundação Casa da Cultura. O total de carga horária para cada oficina será de 50 horas e, para fins de remuneração, o valor da hora/aula será de R$ 120,00.

A seleção dos projetos começa pela avaliação documental em sessão pública no auditório do 8º andar, no dia 12 de setembro, às 10h, pela Comissão Municipal de Habilitação e Julgamento de Licitações. Já a avaliação artística será feita em horário e local a ser definido, por comissão Especial composta de especialistas de notório saber artístico e representantes da Cultura e do Conselho Municipal de Política Cultural, que levará em conta, entre outros aspectos, a clareza e coerência da proposta, a relevância cultural e social, e a exequibilidade.

Os cinco primeiros colocados dos segmentos Artes Cênicas, Dança, Moda, Audiovisual, Artes Visuais, Música e Literatura estarão classificados. Já a lista dos selecionados, com as respectivas notas, será publicada na Imprensa Oficial.

%d blogueiros gostam disto: