Drauzio Varella aborda a tensão dos Pronto Socorros

O Fantástico deste domingo, na Globo, traz o Dr. Dráuzio Varella nos hospitais públicos brasileiros para mostrar a difícil luta para salvar vidas em situações marcadas pela falta de recursos e estrutura básica na série ‘Tudo pela Vida – Quando o remédio é tentar o impossível’. Na estreia, Dr. Drauzio vai a Maceió contar a história do Dr. Paulo Valões, que há mais de 30 anos é cirurgião do Hospital Geral do Estado, onde atende vítimas de tiros, facadas e acidentes de trânsito, entre outros.. “A imagem que a população tem é de um serviço muito ruim, com macas no corredor, pacientes sentados no chão e isso não representa o SUS. Dos países emergentes, o Brasil é o que tem o melhor serviço de saúde pública, apesar de todos os defeitos. Isso não é pouco. Os países com economia semelhante têm, normalmente, um serviço público de saúde bem pior do que o nosso. O que pretendemos mostrar nessa série é que, ao lado de tantas deficiências, tem gente que procura dar o melhor de si para oferecer um atendimento de qualidade”, explica o Dr. Drauzio. A série tem quatro episódios e estreia na mesma semana de ‘Sob Pressão’, série que a Globo exibe a partir de segunda-feira, dia 25, e mostra a rotina pesada e o ambiente precário da emergência de um hospital público do subúrbio do Rio de Janeiro.

Coparentalidade

Você já ouviu falar em coparentalidade? No ‘Fantástico’ deste domingo, dia 23, o repórter Marcelo Canellas explica a nova forma de família, já contemplada pela lei. Fazer parte desse grupo significa encontrar alguém com quem ter um filho, dividir as responsabilidades e criá-lo em regime de guarda compartilhada, sem que haja romance e muito menos sexo entre os pais. Quem opta pela coparentalidade assume, em contrato, o compromisso de cumprir as responsabilidades de pai ou mãe. Os integrantes do ‘casal’, porém, têm vidas totalmente separadas. Em comum apenas a obrigação de cuidar da criança para sempre. O programa conversa com a gaúcha que inaugurou o modelo no Brasil ao criar uma comunidade virtual que já tem dois mil integrantes, pessoas que tiveram filhos seguindo a proposta e interessados em realizá-la. É o caso da cantora Ana Carolina que, junto com a namorada, procura um amigo para propor a coparentalidade.

Casa dos Artistas

No sétimo episódio da série ‘Fant360’, Mari Palma acompanha a agitada rotina de artistas sertanejos como Luan Santana e a dupla Maiara e Maraísa. Após um show, ela embarca com Luan no jatinho onde o cantor sempre tem um tereré, bebida típica de seu Mato Grosso do Sul natal. O destino é o estúdio, com cama e até churrasqueira, quase uma segunda casa. “Nem parece que a gente está dentro do estúdio. O teto é abertão, então, quando está chovendo, a gente ouve a água caindo. Quando está sol, a luz entra”, conta o cantor. Fazer churrasco é uma das paixões de Luan. “Cozinhar é uma terapia. Apesar de não saber direito, sou metido a tentar”. De lá, Mari Palma embarca para Goiás para passar um dia inteiro com a dupla Maiara e Maraisa. É recebida na grande fazenda da família, que será mostrada pela primeira vez na televisão. São nove quartos, churrasqueira, jacuzzi ao ar livre, cabeças de gado, lagoa e piscina. A repórter cavalga com as cantoras, passeia de caiaque, tem o privilégio de ver de perto o processo de composição de músicas e acompanha um show. Como tudo foi captado com câmeras que gravam em 360 graus, as situações poderão ser vistas de vários ângulos no site do programa.

Domingo também é dia estreias no ‘Fantástico’. Uma delas é a segunda temporada do ‘Click Esperança’, reality que, em quatro episódios, reúne jovens agitadores sociais. Divididos em times, eles participarão da criação de uma campanha de comunicação para o ‘Criança Esperança’. No primeiro episódio, os 12 participantes são selecionados por Dira Paes, Leandra Leal, Lázaro Ramos e Flávio Canto, mobilizadores do projeto. Cada jovem tem um minuto e meio para explicar como pretende mudar o Brasil.