Estado diz que a prioridade agora é o Hospital Regional

O Governo do Estado enviou, por meio da Secretaria de Saúde, uma nota de esclarecimento em que confirma o fim do repasse de verbas para o Hospital São Vicente de Paulo – por ter sido feito acordo em gestão anterior – e que a prioridade agora é o Hospital Regional.

Veja a nota

Em atenção à matéria “Governo Alckmin quer tirar dinheiro do São Vicente”, publicada no Jornal da Região na edição desta terça-feira, 18 de julho, a Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo esclarece que o repasse de R$ 12 milhões para o Hospital São Vicente de Paulo ocorre em convênio de custeio, firmado para auxiliar voluntariamente a unidade a enfrentar dificuldades financeiras, por período determinado e acordado entre as partes. A pasta também mantém convênio com o São Vicente por meio do programa Pró Santas Casas, que totaliza R$ 5,9 milhões, válido por 36 meses.

Conforme previsto, o funcionamento pleno do Hospital Regional de Jundiaí, por meio da ativação de novos 60 leitos em setembro, auxilia na organização da rede de acordo com a pactuação e reitera o papel do Estado na assistência regional.

Novos repasses extras ao Hospital São Vicente serão avaliados oportunamente.

%d blogueiros gostam disto: