Governo Alckmin quer tirar dinheiro do São Vicente

O vereador Wagner Ligabó (PPS) lançou abaixo-assinado com o objetivo de pressionar o governador Geraldo Alckmin a liberar recursos para o Hospital São Vicente de Paulo e cancelar a decisão da Secretaria de Saúde do Estado de retirar verba mensal de R$ 2 milhões hospital de Jundiaí, que atende toda a região, para entregar ao Sírio Libanês, que é responsável pelo Hospital Regional. O prefeito de Jundiaí, Luiz Fernando Machado, também já pediu ao Governo para destinar recursos de programa estadual para o São Vicente.

Em média, a instituição atende 28 mil pessoas por mês e é responsável pelo tratamento de pacientes de uma região com cerca de 1 milhão de habitantes.

Jundiaí pleiteia fazer parte do programa Santas Casas Sustentáveis, do governo estadual, desde novembro de 2015. O problema foi denunciado por Ligabó e o vereador apresentou uma moção de apelo ao governador Geraldo Alckmin (PSDB) para a liberação dos recursos.

Agora, o Governo do Estado quer destinar a verba de R$ 2 milhões para o Hospital Regional, que não atende as primeiras necessidades da população e tem como gestor o Hospital Sírio Libanês.

“O Santas Casas Sustentáveis é um direto do São Vicente”, afirmou Ligabó.

Quem quiser assinar basta clicar no link https://www.change.org/p/secret%C3%A1rio-david-uip-governador-olhe-para-o-s%C3%A3o-vicente-e-libere-os-recursos-do-hospital

Nota do Governo do Estado

Em atenção à matéria “Governo Alckmin quer tirar dinheiro do São Vicente”, publicada no Jornal da Região na edição desta terça-feira, 18 de julho, a Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo esclarece que o repasse de R$ 12 milhões para o Hospital São Vicente de Paulo ocorre em convênio de custeio, firmado para auxiliar voluntariamente a unidade a enfrentar dificuldades financeiras, por período determinado e acordado entre as partes. A pasta também mantém convênio com o São Vicente por meio do programa Pró Santas Casas, que totaliza R$ 5,9 milhões, válido por 36 meses.

Conforme previsto, o funcionamento pleno do Hospital Regional de Jundiaí, por meio da ativação de novos 60 leitos em setembro, auxilia na organização a rede de acordo com a pactuação e reitera o papel do Estado na assistência regional.  Novos repasses extras ao Hospital São Vicente serão avaliados oportunamente.

%d blogueiros gostam disto: