‘Sexta no Centro’ reestreia na Praça do Coreto na sexta (14)

Os amigos Thaíse Cruz e Geovanni de Paula tiveram duas surpresas agradáveis na tarde desta terça-feira (11). Além de se reverem, por acaso, na Praça Marechal Floriano Peixoto, podendo colocar o papo em dia, descobriram que o local, também conhecido por Praça do Coreto, recebe nesta sexta-feira (14), a partir das 18h, o retorno do Sexta no Centro, evento organizado pelas Unidades de Gestão de Cultura (UGC) e Agronegócio, Abastecimento e Turismo (UGAAT), que já é conhecido pelos jundiaienses como um programa familiar com opções variadas de música, gastronomia e artesanato.

“É muito válido que a Prefeitura pense em novas opções de entretenimento, principalmente envolvendo atrações culturais”, comenta Thaíse. “Acho interessante que o vento tenha migrado para o Coreto, um espaço que já oferece a infraestrutura necessária, não sendo necessários gastos com montagem de palco, por exemplo”, aponta Geovanni.

Quem também comemora é o comércio na região Central. Teresa Zamariola, gerente de uma loja de calçados no entorno da Praça, aponta suas expectativas com base no ambiente familiar vivido nos Festejos Juninos. “Esta é uma área que precisava ser mais bem explorada, pois sempre que há algum evento as pessoas participam. Talvez o comércio até queira dar uma esticadinha para aproveitar o movimento. Nós que trabalhamos no Centro certamente iremos emendar o fim do expediente com a festa.”

Repertório Musical

Outra novidade do Sexta no Centro é a escolha musical por repertórios em cada noite. O primeiro estilo escolhido é a Música Popular Brasileira (MPB), que começa com Rodolfo de Neguinho e banda a partir das 18h. Rodolfo, no violão e voz, canta músicas de Ed Motta, Gilberto Gil, Djavan, Lenine, Pedro Mariano, Claudio Zoli e Funk como le gusta, acompanhado por Renato Lanza na bateria, Jean Sik no contrabaixo e Sandro Oliveira na guitarra. “Fico bem feliz com o fato de a Prefeitura incentivar um estilo como o MPB num evento de grande prestígio entre as famílias jundiaienses”, comemora Rodolfo.

Já a atração seguinte é oferecida pelo Instituto CCR e pela CCR AutoBAn através do projeto Música na Estrada. O octeto João de Barro sobe ao Coreto às 20h com trombone, trompete, saxofone, flauta transversal, bateria, percussão, bandolim, baixo, violão e guitarra, resgatando e dando nova roupagem a clássicos da música brasileira, também com músicas de seu recém-lançado segundo disco “Gafieira para Dominguinhos”.

Alimentação e artesanato

A gastronomia fica por conta dos permissionários das feiras e varejões da cidade. Serão montadas 15 barracas, que levam aos visitantes lanches variados, espetinhos, salgados (como coxinhas e empadas), tapioca, pães, frango frito, produtos naturais (como lanches, chás diversos e quiches), pasteis, milho e derivados, além de pratos das culinárias árabe e japonesa. Haverá também opções diversas de doces (como tortas, pães de mel e pirulitos de chocolate), churros, saladas de frutas, sobremesas em geral, açaí e caldo de cana.

Os artesãos também marcam presença no evento com as barracas de 16 artistas. Entre os itens que poderão ser adquiridos estão as peças feitas em patchwork, bijuterias finas, sabonetes e outros produtos de perfumaria, peças em crochê e tricô, além do artesanato produzido a partir de produtos reaproveitados como garrafas PET e componentes de motos e bicicletas.

As atrações do Sexta no Centro, bem como toda a programação cultural da cidade, podem ser consultadas no Aplicativo Jundiaí, uma ferramenta para facilitar o acesso dos cidadãos aos serviços da Prefeitura e pode ser baixado em qualquer smartphone Android ou iPhone.

%d blogueiros gostam disto: