Audiência discute Plano Diretor de Turismo de Itatiba

A Prefeitura de Itatiba realizou na última quinta-feria (6) a Audiência Pública para discussão e validação do Plano Diretor de Desenvolvimento Turístico (PDDT). Representantes do poder público, entidades representativas e da sociedade civil se reuniram no Auditório do Centro Administrativo ‘Ettore Consoline’ para conhecer melhor o Plano e apresentar propostas.

A colaboradora técnica da Secretaria de Cultura e Turismo, Heloíse Pigatto, apresentou o PDDT destacando o potencial turístico de Itatiba, os equipamentos e serviços oferecidos, e os programas que irão tornar a cidade mais competitiva e apta a requerer o título de Município de Interesse Turístico (MIT). As cidades que possuem o título podem receber do Governo Estadual, anualmente, cerca de R$ 550 mil para serem investidos em obras e ações destinadas exclusivamente ao setor de turismo.

O Prefeito Douglas Augusto Pinheiro de Oliveira abriu a Audiência Pública destacando a importância da construção conjunta de mecanismos de atratividade.

“O desafio é grande, no entanto nós temos potencial. Ainda há um longo caminho a ser percorrido, e esse caminho é da Prefeitura, da imprensa, dos cidadãos, é de todos”, enfatizou. “Eu não tenho dúvidas que conseguiremos esse selo de Município de Interesse Turístico e aos poucos vamos subindo posições até atingirmos um grau suficiente para sermos uma Estância Turística”, concluiu.

A Audiência Pública contou com a participação de cerca de 50 pessoas que fizeram questionamentos e apresentaram propostas. O empresário Jair Aparecido de Araújo Lima, que possui uma empresa na área de eventos, se mostrou animado. “A proposta principal é fazer Itatiba ser enxergada como um polo turístico, é trazer as pessoas de fora para conhecer a nossa cidade promovendo o mercado local. É disso que nós precisamos”, afirmou.

“Eu li o material antes, vim preparada para a reunião e fiz perguntas relacionadas a processos que, acredito, podem ser melhorados”, contou a turismóloga Meire Melo, que abordou questões ligadas ao meio ambiente.
O Secretário de Cultura e Turismo, Washington Bortolossi, destacou justamente a importância da participação popular. “A Audiência foi excelente, com vários segmentos representados, todas as abordagens foram pertinentes e vão completar ainda mais o nosso Plano Diretor. Itatiba caminha para um novo patamar no que diz respeito ao turismo”, apostou.

Além do Secretário e da colaboradora, fizeram parte da mesa técnica os membros do COMTUR: Carlos Eduardo Fonseca Bettin e Lissandra Rela Constantino.

PRÓXIMOS PASSOS

As sugestões apresentadas na Audiência Pública serão incorporadas ao Plano Diretor, que será transformado em um Projeto de Lei, submetido para apreciação da Câmara de Vereadores. Após a aprovação, será sancionado pelo Prefeito e a documentação completa da cidade encaminhada tanto para a Secretaria Estadual do Turismo quanto para a Assembleia Legislativa. O último passo é o encaminhamento ao Governador, que o sanciona como lei.

Para requerer o título de MIT, o município deve possuir potencial turístico e atender algumas exigências previstas na Lei, como possuir serviço médico emergencial, meios de hospedagem, serviços de alimentação, capacidade de atender a população local e os turistas em relação ao abastecimento de água e coleta de resíduos sólidos.

%d blogueiros gostam disto: