Ministro da Saúde pede prazo para decidir sobre Grendacc

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, pediu na noite desta quarta-feira, dia 05, prazo de uma semana para encontrar uma solução para o futuro do Hospital do Câncer do Grendacc de Jundiaí.

A reunião foi realizada com assessores, a presidente do Grendacc, Verci Bútalo e o deputado federal de Jundiaí, Miguel Haddad.

O ministro disse que está tentando encontrar uma forma de viabilizar a destinação de verbas do Sistema Único de Saúde (SUS) para o Grupo em Defesa da Criança Com Câncer, uma vez que as normas internas do Ministério exigem três vezes mais leitos do que a capacidade da instituição de Jundiaí.

Até a sexta-feira, dia 14, a equipe do ministro deve ter uma definição. Enquanto isso o Grendacc está cortando despesas e pediu a colaboração dos funcionários para redução da jornada de trabalho e dos próprios salários. A dívida da instituição já é de cerca de R$ 1 milhão.