Vinhedo ganha prêmio como a melhor cidade do País

As ações inovadoras da Prefeitura de Vinhedo têm colocado o município na vanguarda quando se fala de ‘cidades inteligentes’. Mais um reconhecimento por esse destaque no cenário nacional ocorreu nesta quarta-feira, 21, quando o prefeito Jaime Cruz recebeu em São Paulo, durante o Connected Smart Cities 2017, um prêmio da Revista Exame como o melhor município no Brasil no quesito ‘Segurança’ e também em ‘Tecnologia e Inovação’, que são itens que compõem o estudo elaborado pela consultoria Urban Systems.

O Connected Smart Cities ocorre hoje e amanhã no Centro de Convenções Frei Caneca. O evento, que teve a 1ª edição em 2015, reúne empresas, entidades e governos e é focado em inovação e melhorias para cidades mais inteligentes e conectadas umas com as outras. Além do ranking e da premiação para as melhores iniciativas municipais, também ocorrem fóruns com especialistas para as discussões dos principais temas relacionados ao desenvolvimento urbano. Os secretários municipais de Indústria, Comércio e Agricultura, Toninho Falsarella, e de Transportes e Defesa Social, Junior Vendemiatti, acompanharam o prefeito no evento.

“Temos grandes desafios a enfrentar, mas também já percorremos um grande caminho e estudos como este nos deixam felizes porque confirmam o resultado do trabalho que estamos fazendo. Já fomos reconhecidos como a melhor cidade do Brasil de 50 mil a 100 mil habitantes para se fazer negócios. Somos também a 6ª do Brasil e 1ª do Estado no IDH. Somos destaque ainda em longevidade. É muito gratificante ver Vinhedo num grupo tão seleto de municípios em um país tão grande como é o Brasil”, comentou o prefeito Jaime Cruz.

Além de Segurança e Tecnologia e Inovação, o estudo avaliou também outros nove critérios: Mobilidade, Urbanismo, Meio Ambiente, Saúde, Educação, Empreendedorismo, Governança, Economia e Energia. Na avaliação da Urban Systems, uma cidade só é inteligente e conectada quando consegue pensar o planejamento urbano e o desenvolvimento econômico de uma maneira integrada.

E Vinhedo está neste grupo seleto. No ranking geral nacional, considerando os 11 critérios, independente da faixa populacional, o município alcançou a 39ª posição (no estudo anterior era 40ª), com a pontuação 25,657, ficando na 14ª colocação no Estado e 4ª na Região Metropolitana de Campinas.

Segurança

O levantamento realizado pela com base no estudo da Urban Systems confirmou que Vinhedo tem um baixo índice de violência, com uma taxa média de homicídios por arma de fogo de 0,5 por 10 mil habitantes. Os gastos com segurança são de R$ 220,00 por habitante. Assim, Vinhedo conseguiu a melhor classificação entre todas as cidades brasileiras no ranking.

Várias ações fazem de Vinhedo uma cidade de destaque no quesito Segurança. No município, a Secretaria de Transportes e Defesa Social trabalha em harmonia com as demais forças de segurança, a Polícia Civil e a Polícia Militar.

Essa união na área de Segurança ganhou um reforço muito importante neste ano, com o ato do prefeito Jaime Cruz, que criou o Gabinete de Gestão Integrada (GGI) da Segurança Municipal, órgão deliberativo, consultivo e executivo, que reúne também a OAB e o Conseg. Entre as suas funções está estabelecer um sistema de integração entre a Secretaria Nacional de Segurança Pública, Secretaria Estadual de Segurança e a Administração Pública Municipal.

A cidade foi também uma das primeiras do país a implantar o sistema de monitoramento das entradas e saídas do município através de câmeras, medida que possibilita, por exemplo, identificar a entrada de um veículo furtado ou roubado no município e também a identificar infratores.

Tecnologia e Inovação

Em Tecnologia e Inovação, Vinhedo ficou no 1º lugar no ranking nacional para cidades de 50 mil a 100 mil habitantes. O município se destaca fortemente nesta área, onde é referência em Cidade Digital. O modelo vinhedense foi um dos destaques do SmartCity Business America Congress & Expo 2017, promovido em Curitiba no final de maio.

Com o uso da tecnologia, a Prefeitura conseguiu facilitar a vida dos vinhedenses, tornando disponíveis os serviços públicos em diferentes canais de atendimento. O projeto Soluções Integradas Municipal – SIM Vinhedo Digital foi criado para ser uma avançada rede tecnológica de serviços à população, de melhoria contínua na gestão governamental e para inclusão digital dos cidadãos.

Em Vinhedo, a inclusão digital a partir da oferta do acesso gratuito ao sinal de internet aos moradores é feita pela Infovia Municipal, da Prefeitura de Vinhedo, que compreende estrutura física composta por dezenas de quilômetros de cabeamento de fibra óptica e por cerca de 70 estações para transmissão de sinal via rádio na cidade. Esta estrutura também é a que, hoje, interliga todos os prédios públicos e de atendimento aos moradores numa rápida e segura rede de transmissão de dados.

Hoje, por meio do SIM, Prefeitura de Vinhedo proporciona 14 serviços aos vinhedenses, entre eles, o SIM Empresa Fácil que facilita o processo de abertura de empresas; o SIM Educação onde é possível solicitar a inscrição de crianças aos Centros de Educação e o transporte universitário gratuito; cadastro ao uso das piscinas municipais e às modalidades esportivas e culturais oferecidas de graça pela Prefeitura; e cadastro habitacional; cadastro para acesso gratuito à internet, entre outros serviços.

Por conta desse avanço tecnológico, representantes de outros municípios têm visitado Vinhedo com bastante frequência para colher informações. No final do ano passado, a equipe do atual prefeito de São Paulo, João Dória, esteve em Vinhedo para conhecer os serviços oferecidos pela Central SIM e as facilidades que ela proporciona à população, com um atendimento mais ágil e eficiente.

Por conta desse trabalho inovador, a Prefeitura e o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações estão dialogando sobre a possibilidade de Vinhedo se tornar município piloto no Plano Nacional ‘Internet das Coisas’, em fase de elaboração. Nos próximos 15 anos, o programa, em âmbito geral, deverá receber um aporte financeiro de mais de R$ 130 bilhões.