Centro de Jundiaí tem festa junina no fim de semana

A Praça Marechal Floriano Peixoto (Praça do Coreto) será o palco dos ‘Festejos Juninos’ no Centro nesta sexta (23), das 17h às 22h; sábado (24), das 10h às 22h; sexta (30), das 17h às 22h; e, encerrando, no sábado (1º) de julho, também das 10h às 22h. Inúmeras opções gastronômicas e artesanais, além de brincadeiras, prometem uma combinação perfeita com os repertórios musicais ao som de violas caipiras, sertanejo e forró raiz, música regional e, claro, um festival de quadrilhas juninas.

“Trabalhamos a festa segundo as tradições de raiz nas diferentes regiões do país, principalmente norte e nordeste, sem trazer aos palcos novas tendências e ritmos musicais que as pessoas confundem como juninos, mas que nada têm a ver com as comemorações desta época do ano”, explica a gestora da Unidade de Cultura, Vasti Ferrari Marques. “Somente se mostrarmos a verdadeira natureza destes festejos é que evitaremos a perda da riqueza de nossa cultura.”

No dia de estreia dos Festejos, haverá apresentações da dupla de viola Daniel Franciscão e Marina Ebbecke, e com o show “Junior da Violla Experience”, que se apresenta com artistas convidados a partir das 19h.

Já no sábado (24), as apresentações começam às 10h30, com o sertanejo raiz de Juliano Gaitero e Banda. Das 12h30 às 15h está marcado o Festival de Quadrilhas, com a participação de frequentadores do Centro de Referência do Idoso de Jundiaí (Criju) e de alguns complexos esportivos da cidade. Às 16h começa o Forró do Arraiá dos Amigos do Samba e, às 18h30, Karla Mantovani apresenta clássicos sertanejos até as 20h, encerrando a programação artística do dia. A festa, entretanto, continua até as 22h.

Na sexta-feira (30), o repertório musical dos festejos começa com o forró raiz do Trio Serelepe, a partir das 18h. A música regional tem também a sua vez: Acústico Musical Cantareira se apresenta a partir das 20h, agitando a noite.

No sábado, último dia de festa, Mário e Miguel dão início às apresentações do dia, com músicas de sertanejo raiz a partir das 10h30, e serão seguidos pelo Festival de Quadrilhas das 12h30 às 15h. O forró raiz chega aos Festejos às 16h, com a apresentação do Forró Di Fole, e será seguido do sertanejo raiz de Fernanda Bueno, cuja performance será das 18h30 às 20h, encerrando-se as comemorações juninas do ano no Centro novamente às 22h.

Guloseimas

Ainda segundo Vasti, a alimentação também foi pensada para refletir a tradição cultural do momento. Pasteis, churrasco no pão e espetinhos, milho verde, curau, pamonha, bolo e suco de milho, cachorro quente, salsichão, cuscuz, batata chips e pipoca, refrigerantes, água e chocolate quente serão as opções gastronômicas típicas dos Festejos. As barracas de alimentação ficaram sob a responsabilidade da comunidade de jovens da Catedral Nossa Senhora do Desterro, que irá reverter a arrecadação para a peregrinação ao Panamá em ocasião da Jornada Mundial da Juventude e do encontro com o Papa Francisco.

Diversão e artesanato

A diversão tipicamente junina vai ficar por conta do Fundo Social de Solidariedade (Funss), que irá levar à praça as barracas de brincadeiras da pesca, boca de palhaço, bola na lata e arremesso de argola. Os artistas do programa “Jundiaí feito à mão” também vão marcar presença nos festejos e oferecer o melhor do seu artesanato com barracas diversificadas.

%d blogueiros gostam disto: