Procurado da Justiça é capturado pela PM

Os soldados da Polícia Militar de Várzea Paulista pararam em um bar da rua Borda da Mata, na noite desta sexta-feira (02), para fazer revistas nos frequentadores, a fim de localizar pessoas armadas ou com produtos ilícitos. Um dos abordados deu nome falso, que não constava nos registros do Departamento de Identificações. Após conversa do cabo Soares e soldado De Farias, Carlos Silva Souza, morador de Várzea e que trabalha em Itupeva deu o nome verdadeiro e constava como procurado da Justiça

Nos registros dos computadores do Sistema Prodesp havia ordem de prisão para Carlos sob a condenação a 28 anos de reclusão pela prática de homicídio.

Carlos foi levado até a Delegacia da cidade e posteriormente levado para a Cadeia de Campo Limpo Paulista, à disposição da Justiça.

 

%d blogueiros gostam disto: