Master Chef bate recorde de audiência

O episódio desta terça-feira (30) do MasterChef bateu o recorde de audiência da temporada. O talent show marcou 7 pontos de média, share de 12% e pico de 8 pontos. A Band conquistou o terceiro lugar no horário (22h35 à 00h53) e ainda alcançou a liderança por 23 minutos e a vice-liderança por 14 minutos.

No programa de ontem, os nove cozinheiros amadores que foram eliminados voltaram para a cozinha mais famosa do mundo decididos a reconquistar o avental perdido. Na primeira prova, os cozinheiros tiveram de preparar uma receita com carne de porco. Nayane e Vitor B. foram os melhores e precisaram desafiar dois participantes.

Os repescados tiveram de reproduzir as receitas que garantiram o avental para Taise e Fabrizio. Nayane e Vitor B. perderam os duelos e se enfrentaram na prova eliminatória: preparar um macarrão à Carbonara. A receita de Vitor B .foi a que mais agradou o paladar dos jurados e ele retornou à competição. Nayane deixou a cozinha do MasterChef pela segunda vez.

Em entrevista ao Portal da Band, o cozinheiro amador afirmou ter ficado muito feliz com a nova oportunidade. “Voltar para o programa é como se eu tivesse entrado de novo, lá atrás. É um sentimento muito bom. Tenho que honrar esse avental com tudo”, afirmou.

Na primeira das provas que teve de enfrentar, Vitor teve de preparar um tutu de feijão, bisteca e farofa com cebola e bacon. “Quando eu peguei a bisteca, eu fiquei confiante, mas todo mundo ali era muito bom e sabia trabalhar bem com porco. Eu estava preparado. É uma carne que eu gosto bastante de comer e, durante a prova, eu não tive muitos percalços”, disse.

Depois de vencer os outros sete participantes, o cozinheiro amador desafiou Fabrizio para um duelo, aos moldes das provas classificatórias do programa. “Escolhi o Fabrizio porque ele estava indo mal nas últimas provas e ficou na berlinda algumas vezes. Imaginei que fosse ser a escolha mais inteligente, já que todo mundo que estava no mezanino cozinha bem”, explicou.

“Fiquei bastante surpreso com a proposta. A última coisa que eu imaginava era ter que cozinhar o prato que ele fez para entrar no programa. Estava totalmente descrente da minha vitória, pois eu nunca tinha feito caldeirada e não sabia quais eram os procedimentos. Muitos ingredientes ali eu não tinha nem tocado. Então, eu tentei apenas me superar”, contou o cozinheiro.

“O Fabrizio me falou que já fez esse prato mais de trinta vezes, mas de uma maneira geral eu fiquei feliz com o resultado, apesar de ter saído com a derrota. Minha caldeirada ficou gostosa”, completou.

Na terceira prova do episódio, Vitor ainda se deparou com um desafio ainda maior: duelar contra Nayane, sua amiga, fazendo macarrão à carbonara. “O mais lógico seria ela voltar ao programa, já que ela venceu a prova do porco”, declarou. “Duelar com ela foi uma coisa chata porque a gente é bem amigo, mas faz parte da dinâmica do programa. Quando vi que era carbonara, fiquei contente pois já havia feito algumas vezes em casa. Isso me deu confiança”, afirmou

“É um prato que, nas três ou quatro primeiras vezes que eu fiz, não deu certo. Demorou para acertar, até porque tem muitos detalhes que se você não seguir, não dá certo. E quando a Nana disse que nunca tinha feito, eu fiquei receoso por ela, mas um pouco mais confiante por mim”, finalizou.

Próximo episódio

Na próxima terça-feira (6), a Bahia vem ao MasterChef. A cozinheira baiana Dadá, famosa por seu acarajé, participa do programa. Ela vai ensinar a receita do acarajé e do caldinho de sururu aos cozinheiros, que terão de reproduzi-las em uma prova em grupo. Convidada especial, a cantora Daniela Mercury vai ajudar Dadá a escolher os vencedores. Na prova eliminatória, os participantes terão de preparar um prato salgado com sorvete de acompanhamento.

%d blogueiros gostam disto: