Hospital dispensa grávida três vezes e bebê nasce em casa

A chegada ao mundo da bebê Maria Clara Borges da Silva (foto) foi marcada por várias situações complicadas para a família, mostrando como está difícil o sistema de saúde público em todo o Brasil.

A mãe, Letícia Aparecida Borges da Silva, de 24 anos, que reside na rua Jacutinga, no bairro Santa Lúcia, em Campo Limpo Paulista, foi três vezes ao Hospital das Clínicas da cidade, com fortes dores e dispensada.

Na terceira vez em que procurou o hospital, às 18 horas de sexta-feira, o médico disse que havia dois centímetros de dilatação e provavelmente a bebê nasceria na terça-feira, dia 30, sendo dispensada para voltar para casa.

Porém, na madrugada deste sábado, dia 27, a mãe começou a sentir fortes dores e não dava tempo de ir ao hospital. Foi o irmão, Henrique Borges da Silva, quem a ajudou no trabalho de parto, até o nascimento da menina Maria Clara.

A mãe de Letícia, dona Maria Lúcia, disse ao “Jornal da Região” que a equipe do hospital podia ter deixado a jovem em observação, porque já era a terceira vez que ia ao pronto socorro com dores.

Segundo Maria Lúcia, as outras mães devem ter mais respeito, para não acontecer o mesmo que ocorreu com Letícia: “Nós não moramos perto do hospital”, explicou.

Letícia precisou ainda ser levada ao Centro Cirúrgico, porque a placenta ficou dentro dela.

“Graças a Deus minha filha e minha neta estão bem”, disse Maria Lúcia.

%d blogueiros gostam disto: