Quando a espinha aparece na idade adulta é hora de procurar o médico

O aparecimento das temidas espinhas nos jovens são, mesmo que um problema, normais e esperado pelas pessoas. No entanto, não é difícil encontrarmos adultos com acne, isso devido a fatores já explicados pela ciência.

A esteticista Maria de Fátima Lima Pereira enumera algumas das causas de acne na idade adulta, entre elas: o uso de certos medicamentos, o uso inadequado de produtos cosméticos, e em mulheres ela pode ser desencadeada pela síndrome dos ovários policísticos (SOP).

A síndrome, segundo o Dr. Ademir Carvalho Leite Jr, em seu livro “Tem alguma coisa errada comigo” pode ser desencadeada pelo hiperandrogenismo, que é todo o sinal clínico encontrado em um paciente do sexo feminino decorrente de uma ação exagerada dos andrógenos. Além de acne, segundo a profissional de estética, estas mulheres podem também ter aumento dos pelos, oleosidade e calvície.

Outro fator determinante para o reaparecimento de acne, ou aparecimento delas, é o de que alguns adultos podem ter o hábito de “cutucar“ a pele, o que pode desencadear um acne escoriado, ou seja aquelas espinhas que foram apertadas, ou autoprovocadas.

Siga as orientações
A consulta é sempre a melhor solução para começar a resolver os problemas logo nos primeiros sintomas. “A primeira coisa a fazer é consultar um médico dermatologista, e seguir à risca a prescrição, além de manter os cuidados estéticos”, comenta Fátima.

Segundo a esteticista normalmente os clientes que já saíram da puberdade são mais cuidadosos e já tem uma orientação adequada a respeito de como tratar a acne. Alguns desses cuidados são: o uso frequente dos produtos e não mexer na pele, o que diminuiria as chances de cicatrizes.

Em Jundiaí, a médica dermatologista Paula Carleti Biasin, tem atendido adultos com esse tipo de problema. Ela tem feito tratamento que dá resultado, mas desde que o paciente siga todas as orientações. O contato da clínica é o telefone (11) 2816-9599.

%d blogueiros gostam disto: