Alunos de Psicologia fazem ato pelos doentes mentais

Os alunos do curso de Psicologia da Faculdade Anhanguera de Jundiaí realizaram, nesta segunda-feira (15), um manifesto em defesa das pessoas com doenças mentais. O ato contou com uma passeata pelos corredores da instituição com faixas e cartazes e foi até a rua do Retiro, para mostrar para a população a preocupação que os profissionais têm com todos que necessitam de ajuda.

O ato “Luta Antimanicomial” surgiu há 30 anos, em Bauru e vem sendo pregado como norma pelas instituições, para evitar o que ocorria no passado, quando as pessoas tinham tratamento, mas eram colocadas em manicômios, como se fossem loucas.

O professor Nildo Costa enfatizou a importância dessa luta, para melhoria nos hospitais psiquiátricas, a humanização do sistema de saúde para as pessoas portadoras de psicopatologias, que até pouco tempo eram excluídos da sociedade e eram colocados em manicômios sem nenhum critério de avaliação da doença, sendo submetidos a eletroconvulsoterapia, os “famosos” choques, sem a necessidade, ou devido cuidado para tal tratamento.

%d blogueiros gostam disto: