Morre o arquiteto Geraldo Cemenciato

O arquiteto Geraldo Cemenciato, de 60 anos, que se aposentou há pouco tempo da Prefeitura de Jundiaí faleceu na madrugada deste sábado (29). Ele fazia uma viagem para conhecer a Alemanhã, quando passou mal e foi internado em um hospital de lá

Geraldo foi secretário de Obras no Governo de Miguel Haddad, foi assessor especial de Ary Fossen e tinha forte militância no PSDB.

A família tenta trazer o corpo para Jundiaí.  A mulher, a psicóloga Rute Lopes Cemenciato deixou uma mensagem sobre a morte do marido em seu Facebook:

“Por volta de 1h30min do dia 29/04, ao som de música clássica, com o amparo de médicos que foram anjos no nosso caminho, e com a certeza de que sua missão nessa vida foi cumprida com êxito, o Geraldinho faleceu. Ele se foi mas deixou um lindo legado, que iremos honrar em seu nome.

Não sabemos qual a burocracia e em quanto tempo chegaremos em nossa casa, aos braços da família e conforto dos amigos, mas avisaremos assim que ocorrer.

Agradecemos a todos pelo carinho que recebemos nestes dias de luta, e pedimos que continuem orando para que ele conclua bem a sua passagem. Obrigada.”

Geraldinho, como era conhecido, deixou duas filhas e um neto.

Cartório de Imóveis

Na terça-feira faleceu Dr. José Renato Chizotti, Oficial do Segundo Cartório de Registro de Imóveis de Jundiaí. O sepultamento foi no Cemitério dos Ipês.

Cantina Castro

No último final de semana faleceu a “Dona Olivia”, como era conhecida a proprietária da Cantina Castro em Jundiaí.