Após reclamação Várzea limpa acostamento da Marginal

Após reclamação de leitor do “Jornal da Região” do mato alto nas margens da Marginal do Rio Jundiaí, a Prefeitura de Várzea Paulista atuou em parceria com a construtora L. C. Sponchiado & Cia. Ltda. para a limpeza do acostamento sentido Campo Limpo Paulista.

Do lado direito, no trecho próximo às obras do Viaduto da Ponte Seca, a empresa retirou os entulhos, com seu maquinário, deu a destinação correta aos resíduos – Ecoponto e lixo comum – e agrupou os pneus.

Servidores da Unidade Gestora de Meio Ambiente fizeram a recolha dos pneus e os descartaram no Ecoponto. O espaço agora tem outro aspecto e não apresenta mais risco de gerar focos de dengue.

Segundo o gestor executivo de Meio Ambiente, Petterson Afonso, foram recolhidos 268 pneus e 5 caminhões de concreto.

O administrador relata que a empresa já apoiou a Prefeitura em várias ocasiões, desde o início de 2013, para manutenções em áreas públicas e outras ações. “Nossa ideia é manter esse importante trabalho conjunto, para continuar a beneficiar a população”, declara.

Local para descarte de resíduos
A cidade conta, desde maio de 2015, com um Ecoponto, local para destino ambientalmente correto de materiais como vidro, metais, areia e móveis desmontados. Tais resíduos muitas vezes, por não terem um local para descarte, eram depositados em ruas, calçadas e terrenos baldios pela cidade.

É permitido o descarte de materiais como pisos, blocos, cerâmica, areia, vidro, metais, pneus, louças, reboco, móveis (desmontados), plástico, madeira, pallets, pontaletes, concreto, eletrônicos, telhas de cerâmica e eletrodomésticos, objetos que muitas vezes, são descartados irregularmente em via pública. O volume máximo autorizado é de 1 metro cúbico.
O Ecoponto não recebe materiais como pilhas, colas, óleos, gesso, tintas, resinas, baterias, amianto, lâmpadas, lixo industrial, lixo hospitalar, lixo doméstico, materiais orgânicos e produtos químicos.

O serviço funciona na Rua Atroaris, s/n, no Jardim Continente, junto à usina de asfalto da Prefeitura. O atendimento é feito de segunda a sexta-feira, das 7 às 12 horas e das 13 às 16 horas – com exceção dos feriados – e, aos sábados, das 8 às 13 horas.

Como fazer sua denúncia
Para denunciar descartes irregulares de entulhos e outros materiais, basta contatar o Setor de Fiscalização pelo telefone 4596-9665; também pode ser acionada a GCM, pelo telefone 153; outro canal é a Ouvidoria, junto ao qual a denúncia pode ser registrada pelo telefone 4595-0037

%d blogueiros gostam disto: