Prefeitura reduz em 48% fila de espera em creche

Nos 100 primeiros dias de governo, a Unidade de Gestão de Educação ultrapassou a meta de criação de vagas em creche e reduziu em 48,14% a fila de espera para esse segmento. Se no mês de janeiro a fila de espera contava com 2700 crianças, hoje ela caiu para 1.310 nomes. Foram, portanto, chamadas, em dois meses, 1390 crianças de zero a três anos de idade.

“Assumimos um compromisso de criar 700 vagas, mas dobramos esse número. Quanto a zerar a fila, trabalhamos para isso, embora não seja uma tarefa fácil. O desejo de atendimento existe, mas temos restrições, impedimentos de natureza orçamentária, em respeito à Lei de Responsabilidade Fiscal”, comenta o titular da Unidade de Gestão de Educação, professor Oswaldo José Fernandes.

De acordo com o gestor, entre as ações que possibilitaram a redução da fila de espera estão o preenchimento das vagas existentes compradas da rede particular e, após pesquisa realizada junto aos pais, a reorganização do próprio sistema municipal “Reduzimos a faixa etária da Educação Infantil para três anos. O G3 da creche passou para as unidades escolares que atendem pré-escola. Conversamos com os pais e 76% deles concordaram com a mudança. Criamos salas com módulo de 15 crianças”, explica.

Inscrição

Em março, a Prefeitura de Jundiaí alterou os períodos de inscrição para as creches e para as instituições contratadas, cujo edital está publicado na Imprensa Oficial do dia 15. As inscrições passaram a ser efetuadas diariamente, no período de 1 de fevereiro a 15 de dezembro de cada ano. Antes, os pais ou os responsáveis podiam fazê-la somente entre os dias 10 e 30 dos meses de março e setembro.

Outras ações

A Unidade de Gestão de Educação, nos 100 dias de governo, efetuou a entrega do kit de verão do uniforme escolar para cerca de 27 mil alunos da Educação Infantil (4 e 5 anos) e do Ensino Fundamental; realizou, pela primeira vez, eleições para a escolha dos coordenadores pedagógicos das escolas municipais e do Centro Municipal de Educação de Jovens e Adultos; e iniciou os investimentos em formação profissional, com vários eventos, entre eles, o Workshop sobre “Inovações que fazem sentido na escola” e a 1ª Semana de Conscientização sobre o Autismo. O Kit de inverno do uniforme escolar já começa ser entregue aos estudantes.

“Estamos caminhando no sentido de sermos uma Cidade Educadora. Os pais devem receber nossos diretores de escola e professores em suas casas. Essa é uma orientação desta Gestão para ser efetuada e deve constar no Plano Político Pedagógico (PPP). Os profissionais da educação têm de conhecer o entorno da unidade”, destaca.

Fernandes acrescenta que a unidade também já iniciou os estudos para um projeto de atendimento as crianças no contraturno das aulas nos Centros Esportivos. “A ideia é que quem estuda no período da manhã frequente os espaços à tarde e vice e versa. Os Centros Esportivos vão atender crianças que residem dentro de um raio de dois quilômetros de distância.”

O Sistema Municipal de Ensino conta com 114 unidades escolares e mais de 32,5 mil alunos.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura

%d blogueiros gostam disto: