Abertura de Novo Mundo é um espetáculo

Como uma mosquinha. É assim que a câmera se movimenta na abertura de ‘Novo Mundo’. Efeito conquistado graças ao trabalho minucioso e realista de animação em 3D, as imagens são exibidas em plano fechado, acompanhando de perto os movimentos de uma barra de ouro que passa por diferentes mãos e transformações em uma viagem de Portugal ao Brasil. O ritmo acelerado da apresentação das cenas, que surgem na tela de forma encadeada, e a trilha sonora criada pelo músico Sacha Amback e gravada pela Orquestra de Praga, reforçam o tom de aventura e as emoções de novas descobertas, presentes tanto na trama quanto na abertura. Como pano de fundo de todo movimento, vemos acontecimentos e cenários importantes da nova trama, ambientada no Brasil no início do século XIX, entre 1817 e 1822, período que antecede a independência no país. É o caso de bailes, viagens, banquetes e a movimentação de escravos, entre outros, até chegar ao ponto alto: a Independência do Brasil. No total, desde o briefing até o resultado final, o projeto levou cerca de 3 meses para ser concluído.

 “Este trabalho foi realmente desafiador, porque além de todas as dificuldades naturais para produção de animação em 3D, precisamos ter um cuidado especial com o roteiro e a movimentação da câmera, para garantir que as cenas fossem exibidas de forma contínua, com acontecimentos totalmente encadeados”, revela Alexandre Romano, diretor de criação da abertura. “Além disso, por tratar-se de um produto de época, particularidades como elementos de cenografia e figurino eram muito importantes e precisavam estar retratados de maneira fiel. Mas, graças ao trabalho em equipe e a parceria com autores, direção e produção da novela conseguimos compreender e retratar cada detalhe, o que nos permitiu chegar a um resultado tão realista”, finaliza o diretor.

‘Novo Mundo’ é uma aventura romântica que se passa em uma época de personagens heroicos, cujas causas são maiores que a própria vida. Escrita por Thereza Falcão e Alessandro Marson, a trama tem direção artística de Vinicius Coimbra.

·         Confira a abertura no link:

%d blogueiros gostam disto: