Comerciantes reclamam das multas de agentes

Os comerciantes do início da rua do Retiro, no bairro do Anhangabaú, reclamam das multas aplicadas pelos agentes de trânsito. Eles dizem que não está sendo dado o prazo de tolerância anunciado pela Prefeitura de Jundiaí.

Na manhã desta terça-feira (21) o funcionário da Zona Azul não apareceu e os motoristas de cinco carros ficaram sem colocar o tíquet do Rotativo. Os agentes apareceram e multaram os veículos estacionados em frente das lojas e do escritório do deputado estadual Júnior Aprillanti.

Um comerciante contou que fez reclamação na Rádio Cidade e em poucos minutos o homem da Zona Azul apareceu. Ele foi questionado da demora e não respondeu.

Outro lado

A Unidade de Mobilidade e Transportes (antiga Secretaria dos Transportes) da Prefeitura informa que, após um levantamento dos atendimentos realizados na região nesta terça-feira (21), foi verificado que as fiscalizações no local ocorreram dentro das regras vigentes. Esclarece que as autuações aconteceram após o período de 20 minutos depois da primeira passagem do agente de trânsito no local onde estava estacionado o primeiro veículo autuado. Acrescenta, ainda, que se encontra em fase de testes a disponibilização do estacionamento rotativo que possibilitará ao usuário, em complemento aos equipamentos já existentes, obter créditos pelo celular para a utilização do sistema, dispensando a necessidade de moedas.