Prefeitura acaba com os depósitos de lixos

O descarte irregular de lixo é uma reclamação frequente dos moradores que residem próximos aos 16 Pontos de Entrega Voluntária (PEVs).

Para resolver o problema, a Unidade de Infraestrutura e Serviços Públicos inicia, a partir desta semana, um trabalho para organizar o gerenciamento da coleta e depósito de resíduos. Em substituição aos PEVs, serão instalados Ecopontos em áreas já mapeadas.

“Os PEVs, infelizmente, não cumprem o propósito para o qual eles foram criados. O descarte é feito de forma desordenada e boa parte do material deixado nem deveria estar ali. Vamos instalar Ecopontos em áreas estratégicas para corrigir esse problema”, afirmou o gestor da Unidade, Adilson Rosa.

Os PEVs começam a ser desativados no bairro Ivoturucaia. “Os locais, que deveriam receber apenas entulhos produzidos pela construção civil, acumulam todo o tipo de lixo, desde o orgânico até carcaças de eletrodomésticos e móveis”, comentou Adilson. A situação se repete nos demais PEVs da cidade, de acordo com a Unidade de Serviços

A partir da desativação, placas indicativas serão fixadas nos espaços, onde também a população receberá orientação para fazer o descarte do entulho nos Ecopontos do bairro Morada das Vinhas (Parque Ecológico Morada das Vinhas José Roberto Mota ‘Barroca’) e Jardim do Lago (Rua Geraldo Santos, n/s, Jardim do Lago), além do Geresol (Avenida Yamashita Yokio, 1268, Distrito Industrial).

Segundo a Unidade de Serviços Públicos, os Ecopontos terão ações constantes de limpeza e remoção de resíduos, além de fiscalização para coibir a disposição irregular de resíduos.