Médica dá dicas para o Carnaval das Crianças

O Carnaval está aí e para aproveitar a folia com as crianças é preciso tomar alguns cuidados. A pediatra Maria de Fátima Valente Rizzo, do Hospital Universitário de Jundiaí, dá algumas dicas importantes.

Na hora de escolher a fantasia, a médica orienta que o mais indicado são aquelas com tecidos que favorecem a transpiração, como por exemplo o algodão. Tecidos sintéticos, cheios de aplicações e que irritam a pele devem ser evitados. Outra dica é verificar se a roupa não tem penduricalhos ou enfeites que possam ser facilmente retirados para evitar que as crianças coloquem na boca.

Com relação à hidratação, é engano achar que os refrigerantes ajudam. “Para hidratar o ideal é água ou suco de fruta natural” enfatiza doutora Fátima. A periodicidade vai depender de cada criança, por isso os pais devem ficar atentos às condições climáticas do local e se os pequenos estão transpirando bastante. Via de regra, ofereça água ou suco a cada 20 ou 30 minutos.

Outro item importante que merece atenção é com relação à maquiagem. “Não se deve usar maquiagem de adulto na criança, pois pode causar irritação. O correto é usar maquiagem própria para crianças, que são encontradas nas lojas de cosméticos. Caso contrário, é melhor passar apenas um protetor solar”, aconselha a médica.

A idade ideal para começar a participar dos bloquinhos ou matinês, de acordo com a médica, é 03 ou 04 anos, quando já conseguem interagir e ter conhecimento do que estão fazendo. O som da folia não pode ser muito alto, deve ser agradável para não agredir os ouvidos das crianças e nem dos adultos.

Para curtir os bloquinhos de rua é aconselhável escolher aqueles que saem logo cedinho ou no final da tarde, quando o sol não é tão forte. Já nos clubes, é sempre bom contar com ar condicionado.

E para finalizar, a médica orienta que o ideal é curtir a folia com as crianças no máximo até uma hora e meia.

%d blogueiros gostam disto: