Pai descobre estupro da filha pelo WhatsApp

Um pai descobriu, ao pegar o celular da filha de 11 anos, mensagens eróticas de um rapaz de 26 anos para a criança.

O rapaz foi interrogado na Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Jundiaí e confirmou que havia um ano que começou relacionamento com a menina, quando ia namorar a tia dela dentro da casa da família, onde chegava a dormir.

A equipe da DIG, com Almir, Gigio e Vanessa, se surpreendeu com a frieza do rapaz que disse estar apaixonado pela criança.

Os policiais acessaram o WhatsApp do acusado e localizaram fotos íntimas e vídeos gravados com a menina.

Na edição impressa do “Jornal da Região”, número 229, o investigador da Delegacia de Entorpecentes, Leandro Basson, pediu aos pais para investigarem os filhos, para não se surpreenderem com situações desagradáveis.

O autor vai responder processo por estupro de vulnerável.

%d blogueiros gostam disto: