Guardas são presos por enfrentarem traficantes

Dois guardas municipais de Cabreúva receberam ordem de prisão em flagrante porque enfrentaram traficantes de drogas, com o uso de arma de fogo.
 
O delegado Felipe Augusto Salla fixou fiança de um salário mínimo aos dois guardas, para evitar que eles fossem para a Cadeia Pública de Campo Limpo Paulista, junto com um dos presos.
 
Os guardas relataram que foram acionados pelo 153 informando que um veículo Corsa estaria transportando drogas pela Estrada da Campininha, no bairro Guaxatuba.
 
Os guardas tentaram abordagem, mas o motorista empreendeu fuga. Foi dado um tiro de revólver calibre 38 contra um dos pneus, mas acertou o para-choque.
 
O motorista continuou a fuga e foi dado mais um tiro de advertência. Os suspeitos continuaram a fugir, até bater o carro nas defensas metálicas do Km 89 da Rodovia Bispo Dom Gabriel.
 
No veículo os guardas localizaram uma porção de cocaína e outra de maconha. O motorista alegou que fugiu porque estava com documentação vencida do veículo.
 
Um dos indiciados disse que jogou fora, na fuga, as drogas que iria abastecer uma “biqueira” na Vila dos Mineiros. No local foi achada uma arma, calibre 32, municiada, com numeração suprimida e no local da abordagem mais 25 porções de crack e 25 de cocaína.
 
Na casa de um dos indiciados foram encontradas ainda 13 porções de cocaína e cinco porções de crack.
 
Prisão dos guardas
O delegado disse, em histórico do boletim de ocorrência, que os guardas agiram de forma perigosa, porque não ocorreu “risco que justificasse o emprego do armamento” e que os suspeitos não tinham intenção de cometer crime mais grave”.
 
EM SOROCABA, no último dia 10, a Justiça liberou casal flagrado pela Polícia Rodoviária Estadual com arma Glock trazida ilegalmente do Paraguai, junto com drogas e anabolizantes.
 
A liberação ocorreu porque os policiais agiram em “fiscalização de rotina”, com a abordagem do veículo onde estava o casal “sem fundamento jurídico”, porque viram o casal em atitudes suspeitas e teria ocorrido “invasão da privacidade” ao revistar o carro.
 
 
 
 
%d blogueiros gostam disto: