Família reconhece corpo achado no rio

A família de Marcos Pereira, de 34 anos, reconheceu no Instituto Médico Legal (IML) de Jundiaí, na manhã deste sábado, o corpo do vendedor que morreu nas águas do Rio Jundiaí.
Marcos pulou nas águas há uma semana para nadar durante enchente e foi levado pela correnteza.

O corpo foi achado sexta-feira em Itupeva.

A prima, Amanda, disse que foi um “baque” quando os familiares viram a notícia no “Jornal da Região”, porque há muito tempo ele saiu de Franco da Rocha e veio para Jundiaí para trabalhar. “A gente achava que ele estava em uma residência, mas estava morando embaixo da ponte”.

O corpo será sepultado em Franco da Rocha.

%d blogueiros gostam disto: