Juvenal Rossi é mantido como prefeito eleito de Várzea

O Partido Verde de Várzea Paulista informa que o prefeito eleito, Juvenal Rossi, e seu vice, Rodolfo Braga, foram inocentados de uma denúncia julgada improcedente, movida pelo Ministério Público Eleitoral. A verdade vem à tona e mostra que as eleições municipais em Várzea Paulista ocorreram dentro da normalidade, como mostra o resultado da Ação de Investigação Judicial Eleitoral.

Ocorre que na data de 10 de novembro de 2016, a Juíza Eleitoral, Flávia Cristina Campos Luders, julgou improcedente a denúncia, uma vez que a conduta dos funcionários comissionados em questão não tinha capacidade de influenciar o resultado do pleito do dia 2 de outubro de 2016.

Na sentença dada pela Juíza, ela esclarece que o prefeito Juvenal Rossi e o vice, Rodolfo Braga, consagraram-se vencedores com larga vantagem, e seria incoerente creditar esta vitória aos serviços prestados pelos nobres funcionários comissionados.

O caso trata de uma denúncia que acusa funcionários comissionados de terem prestado serviço advocatícios aos candidatos mencionados, durante o período de expediente.

A defesa jurídica do candidato Juvenal Rossi se manifestou e demonstrou nos autos do processo não ter havido nenhuma ilegalidade na conduta dos denunciados, e confiante, aguardou o julgamento, que hoje comprova a seriedade com que o candidato eleito conduziu sua campanha.

O resultado só reforça o desejo da população, dando vitória ao prefeito Juvenal Rossi (PV), com 28.803 votos, total que corresponde a 53,11% dos votos válidos.

%d blogueiros gostam disto: