A importância do psicólogo na vida de cada um

Esse mês foi marcado pelo “Setembro Amarelo”, da luta contra o suicídio. Você já precisou de um psicólogo? Este profissional atende diversas áreas, sendo a clínica, escolar, hospitalar, esporte, organizacional, jurídica e do trânsito (onde aplica testes psicotécnicos).

Dentro da área clínica, atua em terapias de casais, individual ou em grupo. Pode clinicar adultos, crianças, e na adolescência ajuda na solução dos conflitos.
O psicólogo pode atuar também como psicanalista, comportamental, junguiana, dentre outros.

O psicólogo não é o profissional que trata apenas dos transtornos mentais, ele promove a qualidade de vida. É um profissional apto a ouvir, e por meio de técnicas oferece subsídios para o enfrentamento de questões internas e até externas. Dessa forma proporciona ao indivíduo o benefício de melhorar a sua qualidade de vida.

Neste mês do “Setembro Amarelo” é válido ressaltar a sua extrema importância, principalmente nas questões que cercam o suicídio, pois, esta é uma realidade de milhares de brasileiros, que todos os dias tiram sua própria vida, em seus silêncios ocultos, onde ao buscar pelo psicólogo conseguem perceber a resolução de seus problemas internos e não cometer o suicídio.

Este artigo pode auxiliar o leitor ou quem está  prestes a cometer um suicídio a não o fazê-lo, e procurar este valioso profissional que está apto a ouvi-lo e pronto para ajudar.

Assim podemos desmistificar que este profissional é adivinho, muito pelo contrário, ou que ele só atende pessoas com doença mental.

Regiane Zanchin, aluna da Faculdade de Psicologia da Anhanguera, sob orientação do professor Sidnei Rolim.