Domingo é dia de Primavera Orgânica na Nove de Julho

Os agricultores que levam seus produtos agroecológicos aos domingos na praça Monsenhor Arthur Ricci, na esquina das avenidas Nove de Julho e Luiz Latorre (uma das duas feiras orgânicas semanais), recebem no dia 25 um evento especial das 7 às 12 horas.

É a abertura da Primavera Orgânica, para valorizar esses produtores locais e promover um reforço na feira com moradores, ambientalistas, ciclistas, artesãos e outros.

A iniciativa é do grupo denominado Jundiaí Orgânicos, formado por agricultores e consumidores em um formato de organização de controle social (OCS), reconhecida pelo Ministério da Agricultura e aberta à participação de pessoas interessadas.

De acordo com os organizadores, a Primavera Orgânica chama a atenção para a possibilidade não apenas de cuidar da saúde humana e da natureza, com a busca da alimentação saudável, como também de preservar diretamente o ambiente local com o contato direto com agricultores agroecológicos da própria cidade, fortalecendo a economia sustentável.

Como apoio para a iniciativa, a Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Turismo, que presta apoio técnico para a organização criada em 2014, convidou para adesões voluntárias ao evento a criatividade de artistas do programa  autoral Jundiaí Feito à Mão.

O local da feira, também conhecido por alguns como praça Enio Lotierzo, fica ao lado da ciclofaixa dominical da avenida Luiz Latorre.  A união dos produtores em torno da Jundiaí Orgânicos sinaliza que os produtos (in natura ou em forma de geleias e outros) são de origem controlada e cuidadosa. E os participantes até visitam os sítios uns dos outros e acumulam dicas sobre receitas e até sobre plantas alimentícias pouco conhecidas.

“Não precisa trocar toda a sua dieta, mas experimentar novos tipos de verduras, frutas ou temperos é parte desse ingrediente humano e ambiental da agroecologia”, diz a divulgação.

Contatos de apoio da OCS Jundiaí Orgânicos podem ser feitos com os técnicos Sérgio e Felipe (spompermaier@jundiai.sp.gov.br ou fmagro@jundiai.sp.gov.br) ou pelo telefone 4589 8581. É possível até mesmo participar de alguma das visitas aos sítios de plantação orgânica.

José Arnaldo de Oliveira