Estudante de Jundiaí vira vereadora com 1 voto

A estudante da UniAnchieta de Jundiaí, Alyne de Oliveira Souza Zolin, de 25 anos, se tornou nesta segunda-feira vereadora da cidade de Dracena com apenas um voto. Voto esse que ela não sabe quem deu. Ninguém da sua família votou nela.

Alyne assumiu a cadeira de vereadora porque o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) cassou o mandato do vereador que ocupava o legislativo, devido infidelidade partidária. Os demais cinco integrantes que teriam direito a assumir a vaga do PSD também deixaram o partido.

A estudante disse, em entrevista para rádio 95 FM que ninguém da sua família sabe quem foi que votou nela. Alyne não fez campanha nas eleições de 2012, devido problemas familiares. Ela aceitou sair candidata porque um político da cidade de Dracena, onde morava, a incentivou e precisava de mulheres no partido. “Eu acho que as mulheres devem participar mais da Política”, comentou na rádio.

A aluna da UniAnchieta se forma neste ano. Ela disse que vai se mudar de novo para Dracena e aproveitar a chance que surgiu. Em Jundiaí ela trabalha em uma ótica e deverá cumprir aviso prévio, antes da mudança.