Bancários de Jundiaí apoiam em 100% a paralisação

Tem início nesta terça-feira (6) a greve dos bancários, que já teve a adesão de 134 sindicatos do país. Outras cidades terão assembleia durante esta semana. Em assembleia realizada na última sexta-feira (2), 100% dos bancários de bancos públicos e privados de Jundiaí e região votaram pela paralisação.

Douglas Yamagata, presidente do Sindicato dos Bancários de Jundiaí e região, destaca que a categoria rejeitou a proposta da Fenaban, apresentada no úé inaceitável, porque vem muito abaixo da inflação e com um abono que não é incorporado ao 13º, férias, FGTS e INSS. “Lembramos que a lucratividade dos bancos continua alta. Só os cinco maiores bancos lucraram cerca de R$30 bilhões apenas no 1º semestre de 2016, demonstrando que eles têm condições para atender as nossas reivindicações. Lutaremos para conquistar mais um ano de aumento real de salário”, afirma Yamagata.

O número e local de agências paralisadas na região serão divulgados diariamente em notas oficiais do Sindicato a partir desta terça-feira (6). Nesta segunda-feira (5) o Sindicato realiza assembleia organizativa, a partir das 18 horas.

Pagamento de contas

O Sindicato orienta os clientes bancários a pagaram suas contas na primeira semana de setembro, já que a greve tende a se intensificar nos próximos dias. Mais informações podem ser obtidas em www.bancariosjundiai.com.br