Várzea troca empresa gestora da UPA e do Hospital

A partir do próximo domingo os moradores de Várzea Paulista devem receber melhor atendimento médico na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e no Hospital Municipal. A Prefeitura assinou contrato com uma nova empresa, a Organização Social Vitali Saúde, que assume a partir da zero hora do dia 21.

Nos últimos dias o “Jornal da Região” recebeu muitas queixas dos moradores da cidade por causa do mau atendimento, inclusive com médicos se queixando das condições de trabalho.

A Prefeitura de Várzea Paulista informou que na última semana foi concluído o processo de licitação com análise de projeto, pelo qual se contratou uma nova empresa para fazer a co-gestão do Hospital Municipal e da UPA (Unidade de Pronto Atendimento).

Na manhã desta quarta-feira foi realizada uma reunião para formalizar a transição entre as equipes da antiga empresa – Instituto Nacional de Ciências da Saúde (INCS) – e a nova instituição – a Organização Social Vitali Saúde, que assume definitivamente o comando do serviço a partir da primeira hora deste domingo (21).

O encontro aconteceu na área administrativa da UPA. Um dia antes, o prefeito de Várzea Paulista realizou uma breve reunião com os funcionários do hospital para apresentar a nova mudança. Segundo a secretária de Saúde, Mônica Carvalho, o encontro entre os gestores é importante para que a transição ocorra de forma tranquila. “Os representantes da Vitali vão conhecer as equipes do Hospital e da UPA e organizar a forma como o trabalho será realizado”, explica.

Para Daniel Câmara, diretor de Desenvolvimento da Vitali, o primeiro passo é fazer a transição de uma maneira organizada. “Nosso objetivo é que os pacientes fiquem satisfeitos com o serviço”, disse. Além disso, a nova co-gestora vai absorver o atual quadro de funcionários que atuam no Hospital e UPA. “Os médicos e funcionários podem optar em continuar a realizar seus trabalhos vinculados à nossa empresa”, explica.

O diretor administrativo do Instituto Nacional de Ciências da Saúde, Luís Francisco, afirmou que dará total apoio à nova co-gestora. “Vamos colaborar com o município até o nosso último minuto de parceria”.

A nova empresa contratada vai adequar o quadro de funcionários e recontratar os funcionários que tenham a possibilidade de aproveitamento e que assim desejarem. Todos os servidores receberão seus direitos trabalhistas.

A Organização Social Vitali Saúde trabalha há mais de 40 anos com administração hospitalar e é responsável pelo gerenciamento do Hospital Ouro Verde, de Campinas, da Santa Casa de Bariri e da UPA de São João da Boa Vista.

%d blogueiros gostam disto: