Famílias começam a mudar para apartamentos

A mudança das 384 famílias para os apartamentos da última fase do Residencial Novo Horizonte começa nesta quarta-feira (17). A Fundação Municipal de Ação Social (Fumas) informa que dará suporte às famílias vindas dos núcleos com interdição urbanística, que inclui os bairros do antigo Varjão, Santa Gertrudes, São Camilo e Balsan. Na sequência, serão demolidas as submoradias para dar continuidade ao processo de urbanização nos núcleos.

A entrega das chaves dos 384 apartamentos do Residencial Novo Horizonte 5 e 6 (última fase) ocorreu nesta terça-feira (16) com a presença do ministro das Cidades, Bruno Araújo. Com a chave na mão, a gari Maria Lieges Silva dos Santos, de 62 anos, vai se mudar para o novo endereço com os dois filhos. “Há mais de dez anos espero por este momento. Fiz a inscrição em 2005 e agora fui contemplada. Estou muito feliz, não vejo a hora de mudar”, disse a ex-moradora do antigo Varjão.

Com a entrega da última fase, a Fumas totaliza 1088 unidades habitacionais entregues no Jardim Novo Horizonte, por meio dos programas Minha Casa Minha Vida e Casa Paulista. “A habitação de interesse social é obrigação dos governos e em Jundiaí estamos fazendo o dever de casa. Conseguimos implantar o programa Minha Casa Minha Vida, que resultou na construção de 1600 unidades habitacionais de qualidade, bem localizadas e com toda a infraestrutura necessária”, destacou o superintendente da Fumas, Waldemar Foelkel.

Todos os apartamentos do Residencial Novo Horizonte têm 45 m², com sala, cozinha, banheiro, dois quartos e garagem. Há também área de lazer, com cozinha, churrasqueira e parque para as crianças. Toda a área externa foi arborizada. Para baixar o custo do condomínio, foram instalados interfones na entrada de cada bloco.

Mudança para novos apartamentos começa nesta quarta Foto: Cléber de Almeida
Mudança para novos apartamentos começa nesta quarta
Foto: Cléber de Almeida

O empreendimento veio acompanhado de investimentos em infraestrutura e equipamentos públicos. O local ganhou duas novas escolas, além de obras de infraestrutura como a ponte que liga o bairro à região do Jardim Tulipas e pavimentação de alguns trechos da rua 8. No bairro também será instalada a primeira Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas do município.

Viviane Rodrigues