Entidade de Jundiaí ganha R$ 1 milhão

Uma entidade de Jundiaí ganhou o prêmio principal da extração de agosto da Nota Fiscal Paulista, sorteado nesta segunda-feira, dia 15, em São Paulo, pela Secretaria da Fazenda. A instituição concorreu ao 93º sorteio do programa com 35.090 bilhetes eletrônicos e foi sorteada com R$ 1 milhão. O nome da entidade só será divulgado nos próximos dias, quando o governador Geraldo Alckmin vai fazer a entrega do cheque.

Em maio deste ano o Grupo em Defesa da Criança com Câncer (Grendacc) foi o ganhador de um prêmio de R$ 300 mil da Nota Fiscal Paulista, graças às notas fiscais deixadas por clientes em estabelecimentos comerciais.

O valor de R$ 500 mil será pago a outra entidade com atuação em São Bernardo do Campo, que participou com 17.706 bilhetes. Uma consumidora de São Vicente teve um de seus 26 bilhetes sorteados e também vai receber R$ 500 mil.

No total, foram sorteados 598 prêmios que somaram R$ 4,7 milhões. Participaram da extração de agosto os consumidores cadastrados que efetuaram compras no mês de abril de 2016 e solicitaram a inclusão do CPF/CNPJ no documento fiscal.

O resultado do sorteio está disponível no site da Nota Fiscal Paulista (www.nfp.fazenda.sp.gov.br).  Para verificar se algum bilhete foi premiado, basta acessar o sistema com o CPF e senha cadastrada e clicar na aba Sorteios > Visualizar Sorteios >Sorteio nº 93.

Os participantes do programa também foram sorteados com 10 prêmios de R$ 100 mil, 15 de R$ 50 mil, 20 de R$ 10 mil, 50 de R$ 5 mil e 500 prêmios de R$ 10.

Sobre o programa Nota Fiscal Paulista

A Nota Fiscal Paulista, criada em outubro de 2007, integra o Programa de Estímulo à Cidadania Fiscal do governo do Estado de São Paulo e reduz, de fato, a carga tributária individual dos cidadãos, que recebem créditos ao efetuar compras de mercadorias em São Paulo. O sistema distribui até 20% do ICMS efetivamente recolhido pelo estabelecimento comercial aos consumidores que solicitam o documento fiscal e informam CPF ou CNPJ, proporcional ao valor da nota.

A devolução é feita em créditos que podem ser acompanhados pela internet e utilizados para pagamento do IPVA ou resgatados em dinheiro. O consumidor também pode solicitar o documento fiscal sem a indicação do CPF/CNPJ e doá-lo a uma entidade de assistência social ou de saúde cadastradas no programa Nota Fiscal Paulista, se assim desejar. Essa é uma decisão pessoal e exclusiva do consumidor.

O programa conta com 18 milhões de participantes cadastrados e, desde seu início, soma mais de 44 bilhões de documentos fiscais processados na Fazenda. No total, a Nota Fiscal Paulista devolveu aos participantes do programa R$ 14 bilhões, sendo R$ 12,6 bilhões em créditos e R$ 1,5 bilhão em prêmios nos 90 sorteios já realizados.

Para conferir os créditos, aderir ao sorteio ou obter mais informações sobre a Nota Fiscal Paulista, basta acessar o site www.nfp.fazenda.sp.gov.br.

%d blogueiros gostam disto: