Irmãs Vicentinas recebem homenagem pelos 120 anos

O Instituto das Irmãs Vicentinas de Gysegem, que atua em benefício da população em situação de vulnerabilidade social e que atende cerca de 10.500 homens e mulheres mensalmente, foi homenageado pelo deputado estadual Luiz Fernando Machado (PSDB), em sessão solene na Assembleia Legislativa de São Paulo.

O evento também comemora os 60 anos do Lar de Nossa Senhora das Graças, entidade residencial que acolhe idosos em sistema de longa permanência, no Anhangabaú, em Jundiaí.

Sobre as Irmãs Vicentinas
A Congregação foi fundada na Bélgica em 1818 e chegou ao Brasil em 1896, o Instituto das Irmãs Vicentinas de Gysegem “Servas dos Pobres”, promove projetos em benefício de populações em situação de vulnerabilidade social, com ações realizadas nas paróquias e em comunidades carentes, que atendem a cerca de 10.500 pessoas mensalmente.

Com a missão de promoção da vida nos seguimentos ensinados por Jesus Cristo, a entidade opera no segmento educacional, com 6 colégios; junto à terceira idade, com 1 lar de longa permanecia para idosos; moradores de rua, com casa de apoio a população de rua; e em centros promocionais para crianças, adolescentes. Além da capital paulista e interior, o trabalho e realizado nas cidades de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Bahia e outros cinco países.

Com objetivo de atender às necessidades das classes menos favorecidas, a exemplo de Cristo, a instituição filantrópica serve os mais pobres com formação integral, profissional e formação humana, doações, refeições, atividades de recreação, moradias, educação e direitos de cidadania para pessoas de 0 a 110 anos. O trabalho das Irmãs Vicentinas também está presente em países como Bélgica, Argentina, Uruguai, Paraguai, África do Sul e República Democrática do Congo.

O Lar Nossa Senhora das Graças precisa de ajuda para ampliação do seu atendimento. Confira o vídeo: