Multa para quem falar no celular dirigindo vai custar R$ 293,47

A partir de novembro quem dirigir falando no telefone celular vai ter de pagar multa de R$ 293,47 e perderá 7 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), sendo considerada infração gravíssima.
O Detran de São Paulo publicou no Facebook um “puxão de orelhas” na apresentadora da Rede Globo, Angélica, que ficou 40 segundos falando no celular e dirigindo, aplicando trote em um comediante.
Angélica não foi multada, porque a infração ocorreu no Rio de Janeiro.
Agentes de trânsito de Jundiaí informam que têm operação celular nas ruas diariamente.

FAROL ACESO
E a Polícia Rodoviária começa a aplicar multas nos carros que estiverem com os faróis apagados durante o dia, nas rodovias. Agora é obrigatório o farol baixo de dia. Não a lanterna. A multa será de R$ 85,13 e perda de 4 pontos na CNH.

Agentes aplicaram 10 mil multas em 2015

O motorista de Jundiaí parece não se importar com as multas. Em 2015 os agentes de Trânsito multaram 10.049 vezes condutores que falavam no celular ao mesmo tempo em que dirigiam seus carros.
Neste ano, de acordo com relatório da Secretaria dos Transportes, já foram aplicadas 3.783 multas em apenas cinco meses do ano.
Atualmente a legislação prevê multa de R$127,69 e perda de cinco pontos na carteira de habilitação.
A infração é considerada grave. Da próxima vez que o celular tocar, e você estiver dirigindo, pense no valor da multa.

 

%d blogueiros gostam disto: